Futebol/Mercado - ( )

Após rescisão com clube inglês, Anelka é oferecido ao Atlético-MG

Belo Horizonte (MG)

Sem clube desde março deste ano, quando rescindiu seu contrato com o West Bromwich, o polêmico atacante Nicolás Anelka, de 35 anos, foi oferecido ao Atlético-MG. O clube mineiro se interessou pelo veterano e negocia a chegada do reforço para a sequência da temporada.

Como o francês não possui contrato em vigor com outro clube, a janela de transferências internacionais encerrada na última terça não interfere em sua situação. Anelka está livre para assinar com qualquer time brasileiro, mas no momento mantém conversas apenas com o Galo e poderá ser incrito na segunda fase da Libertadores.

Na carreira, Anelka já passou por diversos grandes clubes europeus, dentre eles Paris Saint-Germain, Arsenal, Real Madrid, Liverpool, Manchester City, Chelsea e Juventus. O atleta ainda defendeu a seleção francesa nas Eurocopas de 2000, vencida por seu país, e de 2008, além da Copa de 2010.

AFP
Polêmico atacante francês Nicolás Anelka foi oferecido ao Atlético-MG; Clube negocia reforço para a Libertadores

Polêmica - O atacante se envolveu em uma recente polêmica na Inglaterra, sendo acusado de fazer gestos antisemitas. Em dezembro do ano passado, quando ainda defendia o West Bromwich, o jogador comemorou um gol imitando o quenelle, ato de estender a mão junto ao ombro contrário, criado pelo comediante francês Dieudonne M'bala M'bala, o que para muitos na França é uma referência à saudação nazista.

Pelo gesto, Anelka foi punido com multa de aproximadamente 100 mil euros (R$ 300 mil) e levou um gancho de cinco jogos. Além disso, o patrocidador principal do West Brom anunciou que iria interromper a parceria na próxima temporada.

A versão do jogador é de que é apenas uma homenagem a Dieudonne, que é seu amigo. Poucos dias após a punição, o francês rescindiu seu contrato e chegou a dizer que cogitaria abandonar o futebol. A Federação Inglesa ainda denunciou Anelka na Fifa, pedindo que o gancho seja extendido a nível mundial. Caso a entidade aceite o pedido, o jogador pode ser impedido de jogar imediatamente pelo Galo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade