Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Árbitro confirma dois gols a Luis Fabiano, que alcança Teixeirinha

Tossiro Neto São Paulo (SP)

O segundo gol do São Paulo na vitória desta quarta-feira sobre o CSA-AL, por 3 a 0, gerou dúvidas durante a partida. Após cobrança de falta de Alexandre Pato, a bola desviou em Luis Fabiano e também em Mineiro (lateral esquerdo adversário). Mas, ao final do jogo no Morumbi, ele foi confirmado para o centroavante tricolor.

Com esse gol e também o terceiro, anotado igualmente de cabeça - com ajuda do goleiro Pantera -, Luis Fabiano chega a 189 e iguala Teixeirinha na artilharia do clube. À frente deles, apenas Gino (233) e Serginho Chulapa (242). Um feito bastante comemorado pelo camisa 9 tricolor.

"O cara que conclui a jogada merece o gol. No caso, ganhei esse golzinho de presente. Agradeço ao juiz também, que me ajudou. Obrigado, juizão. É mais um na conta para a artilharia", disse, rindo, o jogador.

"Venho escalando pouco a pouco rumo à artilharia. É difícil buscar o Serginho, mas tenho mais um ano e meio de contrato praticamente para tentar pelo menos assustar o negrão lá", acrescentou, ainda sorridente.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Atacante tenta escalar rumo ao primeiro lugar da artilharia, que atualmente pertence a Serginho Chulapa
Se ainda é grande a distância até Chulapa, Luis Fabiano deixa o Morumbi com um outro recorde garantido. Os dois gols desta quarta-feira lhe deram a condição de maior artilheiro do São Paulo na história da Copa do Brasil. Antes do duelo, ele estava empatado com França, que balançou a rede 21 vezes em sua passagem pelo clube.

Coletivamente, os tentos do atacante também ajudaram a garantir classificação para a segunda fase do torneio mata-mata nacional. Ainda não há data confirmada para os confrontos, mas há oponente. Será o CRB, também de Alagoas, que mais cedo venceu e eliminou o Rondonópolis-MT.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade