Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Arouca aproveita concentração para dar conselhos a Geuvânio

Helder Júnior Santos (SP)

Oswaldo de Oliveira ganhou um aliado na missão de não fazer o atacante Geuvânio se deslumbrar com os elogios no início de sua trajetória como profissional – na semana passada, o técnico havia dito que percebera uma mudança de comportamento no jogador. O volante Arouca se encarregou de conversar com o novato antes da derrota do Santos para o Ituano, por 1 a 0, no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista.

Acostumado a dividir o quarto com Cicinho nas concentrações do Santos, Arouca ganhou a companhia de Geuvânio recentemente porque o lateral direito estava suspenso. “Tive a oportunidade de conversar um pouco com ele. Disse para aproveitar o momento, que é único. A gente não sabe quando disputará outra final de campeonato. Ainda mais do Paulista, o Estadual mais difícil que existe”, comentou o volante.

Arouca fala com propriedade sobre o Campeonato Paulista. Tricampeão do torneio com o Santos (venceu em 2010, 2011 e 2012), o jogador de 27 anos pode ser usado como referência aos pratas da casa por Oswaldo de Oliveira. Afinal, o discurso do meio-campista é motivador: “Os mais novos estão tendo uma grande oportunidade agora, então devem aproveitar ao máximo. A gente tem que procurar entrar para a história do clube, e isso só acontece com o título”.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Geuvânio recebe atenção especial de Oswaldo de Oliveira e dos companheiros mais experientes, como Arouca
Para buscar o título paulista de 2014, que seria o quarto no currículo de Arouca, o Santos precisa se reanimar para retornar ao Pacaembu e derrotar o Ituano por ao menos dois gols de diferença (o que exclui a decisão na disputa por pênaltis). O time tem buscado corrigir os seus erros e revigorar os jovens como Geuvânio na semana livre para preparação.

“Não dá para dizer exatamente o que a gente sentiu no jogo anterior com o Ituano. Saiu o gol deles e, quando tentamos reagir, foi difícil furar aquela defesa. Agora é tudo ou nada. Mas merecemos o título e faremos tudo para ficar com ele”, avisou o experiente Arouca.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade