Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Arouca avisa que “equipe está mordida” para reverter 1 a 0 na final

Helder Júnior Santos (SP)

A derrota por 1 a 0 para o Ituano, no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, mexeu com os brios dos jogadores do Santos. Ao menos foi o que indicou o volante Arouca, com um discurso bastante animado para o reencontro de domingo, novamente no Pacaembu.

“O Ituano acabou vencendo a primeira final, mas a nossa equipe está mordida. Confio muito no meu time”, avisou Arouca, sisudo, sem dar muita moral ao adversário. “Respeito a opinião de todos, mas não existe esse negócio de favoritismo. A equipe do Santos é madura o suficiente para reverter o placar.”

O otimismo do volante, um dos atletas mais experientes do elenco dirigido por Oswaldo de Oliveira, não chega a representar um menosprezo ao Ituano. Arouca foi bastante elogioso ao falar especificamente do time que já surpreendeu o Santos (e outros grandes clubes) no Estadual.

“Eles têm todo o nosso respeito. Não é à toa que estão na decisão. Tiraram o Palmeiras em um Pacaembu lotado, ganharam do São Paulo no Morumbi (e ainda se classificaram no grupo do eliminado Corinthians). Não menosprezamos de maneira alguma. Sabíamos que seria um rival difícil, mas foi mais do que o esperado porque o coletivo do Santos não rendeu. Alguma coisa precisa mudar agora”, conscientizou-se.

Divulgação/Santos FC
Volante quer levantar a cabeça para reverter a vantagem do Ituano na final (foto: Ricardo Nogueira/Santos FC)
Arouca já sabe o que precisa mudar para o placar também ser outro no fim de semana “A nossa postura será diferente, com uma agressividade maior na marcação e na chegada ao ataque. Corrigimos os nossos erros mesmo quando vencemos, até porque sempre há cobrança. Eles têm a defesa menos vazada do campeonato, mas não vamos deixar que isso atrapalhe o nosso objetivo de conquistar o título”, pregou o volante, campeão estadual em 2010, 2011 e 2012.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade