Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Assembleia Legislativa promove ato público a favor da Portuguesa

São Paulo (SP)

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo irá promover nesta quinta-feira um ato público contra a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) que definiu o rebaixamento da Portuguesa para a Série B do Campeonato Brasileiro.

A ação é de iniciativa de um deputado estadual, que fala em “injustiça” contra a Portuguesa no caso Héverton. “A Constituição é clara ao dizer que nenhuma lesão a direito deixará de ser reparada pelo Poder Judiciário, quando o lesado a ele recorrer. Nenhuma lei ou organismo, muito menos a FIFA, pode impedir qualquer pessoa ou entidade de recorrer à Justiça Comum”, disse a nota divulgada pela Assembleia.

Fernando Dantas/Gazeta Press
CBF, presidida por Marin, tentará derrubar liminar obtida pela Lusa que recolocou o time na Série A do Brasileiro

Caso Héverton- Na última rodada do Brasileirão de 2013, a Portuguesa escalou e colocou em campo o meia Héverton, que havia sido suspenso pelo STJD dias antes. O clube alega que não havia sido informado sobre a decisão e se apoia em um artigo do Estatuto do Torcedor, que pede a publicidade das informações sobre as competições nacionais.

O STJD, no entanto, não aceitou a justificativa da Lusa e puniu o clube com a perda de quatro pontos, conforme o regulamento do Brasileirão. A Portuguesa, então, acabou sendo superada na tabela de classificação para o antes rebaixado Fluminense, que permaneceu na Série A.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade