Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Ataque do Timão teve a 3ª pior pontaria da rodada do Brasileirão

Demetrius Larocca Lima, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Sem conseguir balançar a rede diante do Atlético-MG em Uberlândia, o Corinthians teve o terceiro aproveitamento mais baixo nas finalizações de jogo durante a rodada de abertura do Campeonato Brasileiro. No duelo, a equipe chutou a gol em 14 oportunidades, acertando a meta três vezes – apenas 21% foram finalizações certeiras.

No quesito, o Timão só ficou atrás de Internacional e Figueirense. Os gaúchos tiveram aproveitamento de 17%, acertando quatro chutes em 24 tentativas. No entanto, uma das finalizações certas, de autoria do chileno Aranguíz, balançou a rede e garantiu o triunfo colorado sobre o Vitória no Beira-Rio no sábado.

Já o Figueirense registrou aproveitamento de 20%, não fez gol e acabou derrotado pelo Fluminense por 3 a 0. O time catarinense foi o que menos finalizou, com apenas cinco tentativas, acertando o alvo uma única vez.

Os “campeões” de finalizações erradas no empate corintiano foram Guilherme e Cleber, com três cada. O zagueiro errou dois cabeceios e um chute na entrada da área, após sobra de escanteio. As chances desperdiçadas pelo volante, em contrapartida, foram todas em chutes de longa distância.

Bruno Cantini/CAM
Ao lado de Cleber, Guilherme foi um dos que mais erraram finalizações no duelo contra o Atlético-MG

O volante Bruno Henrique, que substituiu Guilherme no segundo tempo, também finalizou para fora ao tentar de longe. A presença dos volantes perto da área com tiros longos tem sido característica comum do time de Mano na temporada, apesar do baixo aproveitamento. Assim, a tendência é de que Elias, que poderá jogar após a pausa para a Copa do Mundo, entre na vaga ocupada atualmente por Guilherme.

Petros, duas vezes, Jadson e Luciano, erraram o alvo nas demais finalizações do Corinthians. Estreante, o meia ex-Penapolense soltou uma bomba de longe no segundo tempo e forçou grande defesa de Victor.

O goleiro atleticano também foi obstáculo nas outras duas grandes chances do Timão. No primeiro tempo, Luciano invadiu a área e saiu de cara com Victor, mas o arqueiro levou a melhor. Já nos minutos finais, Guerrero chutou quase na pequena área e viu o rival fazer outra grande defesa e garantir o empate.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade