Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Brio mostrado pelo Palmeiras anima Kleina no retorno à Série A

Criciúma (SC)

O Palmeiras estava de volta à Série A do Campeonato Brasileiro, mas não demorou a entender que o retorno à elite não seria fácil. No Estádio Heriberto Hulse, o time de Gilson Kleina viu o Criciúma sair na frente do marcador, pressionar muito e desperdiçar chances claras de gols. Ainda assim, o Verdão foi valente e foi buscar a virada nos minutos finais para animar o seu treinador.

Bastante satisfeito com a vitória sofrida por 2 a 1, Gilson Kleina priorizou dar os parabéns aos seus jogadores, destacando a postura de cada atleta dentro de campo. De acordo com o treinador, o elenco entendeu o recado para entrar em campo neste Campeonato Brasileiro: ter brio para mostrar a grandeza do Palmeiras.

Fernando Ribeiro/Criciúma E.C.
O treinador Gilson Kleina destacou a postura de cada atleta dentro de campo, valorizando o brio demonstrado
“Temos que destacar o poder de reação. Brasileiro é isso mesmo, com jogos difíceis. O time acreditou até o final na virada, e isso é importante. Fizemos o gol, assim como poderíamos ter tomado, pois estávamos vulneráveis. O importante é que o time jogou com a grandeza do Palmeiras. O brio dos jogadores foi fundamental para a reação”, analisou o treinador palmeirense.

Para o chileno Valdivia, que teve trabalho para encontrar espaço na marcação do Criciúma, o importante foi não ter medo de atacar. O meia elogiou a postura do Palmeiras no ataque, mesmo com as falhas de marcação que permitiram contra-ataques perigosos do Criciúma. A lição aprendida foi a de que não se pode deixar de acreditar na vitória, mesmo em um cenário negativo.

“Não podemos deixar de acreditar e sempre procurar o gol. Não ter medo de errar. Erramos muito, mas é assim que se melhora e se forma um time vencedor. Foi um jogo em que fomos superiores. O Criciúma tentou jogar no nosso erro e nos contra-ataques, mas fizemos a nossa partida e jogamos com calma. Tocamos bem a bola para atrapalhar a marcação e não foi por acaso que viramos”, concluiu o chileno.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade