Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Caio Júnior admite falha da defesa em gol do Palmeiras

Criciúma (SC)

Após a derrota de virada para o Palmeiras por 2 a 1 na primeira partida do Campeonato Brasileiro, o técnico Caio Júnior voltou a reprovar a atuação do árbitro que, na visão do treinador, não marcou um pênalti claro quando a partida ainda estava 1 a 0 para o Criciúma. Apesar das críticas, o treinador admitiu que, nos gols da equipe adversária, o sistema defensivo do Tigre catarinense errou:

“Falhamos no gol do Alan Kardec. Foi uma falha de posicionamento nossa. Por mais que você treine, em uma reta no final do jogo, o emocional pesa bastante. Mas não justifica o fato de não termos o pênalti marcado você cometer erros graves como esse. Em um lance decisivo, a equipe não estava bem posicionada. Tem que mostrar, tem que corrigir para que não aconteça, e é assim que funciona no futebol”, disse em entrevista ao Sportv.

No lance reclamado pelo Tigre, o zagueiro Tiago Alves, do Palmeiras, acerta o atacante Sylvinho com a sola do pé, dentro da área. Os jogadores do Tigre reclamaram muito com o árbitro, que apenas mandou o jogo continuar. A bola ainda tocou no braço do zagueiro alviverde. O Criciúma volta a campo no próximo domingo, quando enfrenta o Goiás, no Estádio JK, em Itumbiara.

Divulgação/Criciúma
Caio Júnior reclamou muito na derrota do Criciúma para o Palmeiras

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade