Futebol/Copa do Brasil - ( )

Cavalieri reconhece jogo difícil contra o Horizonte

Rio de Janeiro (RJ)

O Fluminense tem um jogo decisivo nesta quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), no Maracanã, contra o Horizonte-CE. A partida, válida pela primeira fase da Copa do Brasil, tem caráter decisivo, uma vez que, no primeiro embate, a equipe nordestina venceu por 3 a 1, o que resultou, dentre outros motivos, na queda do então técnico Renato Gaúcho. O novo treinador, Cristóvão Borges, já chegou ao clube com a obrigação de reverter o placar o negativo e garantir a vaga para a próxima fase da competição.

Depois das atividades desta quarta-feira, o goleiro Diego Cavalieri falou sobre suas expectativas para o confronto. “Nosso único pensamento é lutar, brigar e tentar os resultados positivos. Sabemos que a classificação nos dará calma e um bom ambiente para o trabalho. Nosso foco está voltado para este jogo. Estamos trabalhando para fazer uma boa apresentação. Se não acontecer, temos que aguentar as consequências. É um adversário difícil, não vai ser um jogo fácil, mas estamos prontos para encarar”, afirmou.

Nelson Perez/Fluminense FC
O goleiro Diego Cavalieri admite que o jogo contra o Horizonte será difícil, mas que o Tricolor está focado para a partida

A troca de treinadores foi encarada com naturalidade pelo arqueiro tricolor. Ele defende que o processo significa um recomeço para todo o grupo e revelou que teve uma boa impressão nos primeiros dias de trabalho de Cristóvão e do novo preparador de goleiros.

“Cada técnico tem sua maneira e seu método de trabalho. Ele é uma pessoa do bem, bastante atenciosa. Chegou num momento difícil, para disputar um jogo extremamente importante. Temos que tirar o saldo de gols. É muito trabalho, muita conversa. Em relação ao Marcos Leme (preparador de goleiros) é a mesma coisa. Temos que assimilar o que ele pensa, para progredir, evoluir”, explicou Cavalieri.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade