Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Cercada de incertezas, Portuguesa recebe Santa Cruz pela Série B

São Paulo (SP)

Os próximos dias decidirão o futuro da Portuguesa no futebol brasileiro. Envolvida em luta judicial na tentativa de voltar à Série A por meio dos tribunais, a Lusa parece ter entrado em um redemoinho do qual será difícil de sair. Ao mesmo tempo em que tenta obrigar a CBF a incluí-la entre os clubes da elite, corre o risco de ser excluída da segunda divisão nacional por ter abandonado o jogo contra o Joinville, no último final de semana. No meio deste furacão, o time rubro-verde volta a campo pela Série B neste sábado para encarar o Santa Cruz no Canindé.

Para apagar a má imagem do abandono do último duelo, a Lusa tenta esquecer o conturbado extracampo para fazer valer o mando de jogo e somar seus primeiros pontos na competição. O meio-campista Felipe Nunes, por exemplo, garante que a equipe se empenhará ao máximo independentemente da situação fora dos gramados.

“Temos que pensar no jogo. Estamos com a cabeça na partida, que é importante. Independentemente da divisão, se é A ou B, vamos honrar as cores da Lusa”, disse ao site oficial do clube, pedindo também a presença dos torcedores. “Esperamos que nossa torcida nos apoie e não deixe o extracampo atrapalhar, para que consigamos uma boa vitória”, completou.

Divulgação/Santa Cruz F.C.
Técnico acena com a possibilidade de usar três atacantes no Canindé (foto: Natália Barros)
Após o jogo contra o Joinville, o cenário mudou consideravelmente. Naquela ocasião, a equipe saiu do gramado alegando que uma liminar, concedida a um torcedor rubro-verde, que obrigava a Portuguesa a jogar a primeira divisão. Temendo por ser detido caso não respeitasse a ordem judicial, o presidente Ilídio Lico decidiu por tirar o time de campo. Horas depois, porém, a CBF conseguiu derrubar a liminar no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Assim, a tendência é que a Lusa dispute o duelo contra o Santa Cruz normalmente neste sábado.

Alheio ao agitado cenário do adversário, o Santa Cruz vem a São Paulo prometendo dar trabalho à Portuguesa. O técnico Sérgio Guedes cobra postura ofensiva de sua equipe mesmo atuando longe de seus domínios. “Quero agressividade. Quero um time preocupado em dominar o jogo e se impondo, mas obviamente não podemos nos expor aos contra-ataques. A qualidade técnica do nosso time é efetiva”, garante.

Divulgação/Joinville E. C.
Portuguesa abandonou jogo contra o Joinville no último final de semana com base em liminar obtida por torcedor

Na primeira rodada, o Tricolor não conseguiu sair do empate em 1 a 1 com o ABC, em casa. O resultado aumentou a pressão sobre o técnico Vica, que acabou entregando o cargo após o mau resultado. Com isso, Sérgio Guedes teve apenas dois dias para trabalhar com o elenco coral, mas afirma já estar tentando dar sua cara à equipe.“Fizemos algumas mudanças no treino, mas sempre com o mesmo objetivo. Agora é só saber quem vai entrar no momento certo. Fizemos várias observações e agora vamos sentar e definir”, declara, deixando a escalação em mistério.

No treino da última quinta-feira, alguns torcedores arrobaram a porta do vestiário e invadiram para cobrar o elenco antes de o treino começar, assustando alguns jornalistas presentes. Segundo o site oficial do clube, a Polícia Militar foi acionada e, após o incisivo protesto, os torcedores saíram do vestiário e tiveram a permissão da presidência e da comissão técnica para acompanhar a atividade no Arruda.

Desta maneira, a Portuguesa, em inferno astral, encara o reformulado Santa Cruz a partir das 16h20 deste sábado. As duas equipes buscando a primeira vitória na Série B do Campeonato Brasileiro.

Arte GE.Net
FICHA TÉCNICA
PORTUGUESA X SANTA CRUZ

Local: Estádio do Canindé, em São Paulo-SP
Data: 26 de abril de 2014, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo
Assistentes: Wendel de Paiva Gouvea e Lilian Da Silva Fernandes Bruno

PORTUGUESA: Gledson; Régis, Walter, Gustavo e Jean Mota; Coutinho, Dejair, Renan e Gabriel Xavier; Luan e Vander
Técnico: Argel Fucks

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Oziel, Everton Sena, Renan Fonseca e Zeca; Sandro Manoel, Luciano Sorriso, Carlos Alberto (Betinho), Raul e Renatinho (Flávio Caça-Rato); Léo Gamalho
Técnico: Sério Guedes

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade