Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Chapecoense deve dispensar atletas antes da estreia na Série A

Chapecó (SC)

Após o fim do Campeonato Catarinense com o título simbólico da Taça Santa Catarina, e a vaga na Copa do Brasil da próxima temporada garantida, a Chapecoense volta totalmente suas atenções para a estreia da equipe no Campeonato Brasileiro. Para o técnico Gilmar Dal Pozzo, alguns nomes que atuaram abaixo do esperado devem ser liberados ou negociados.

“Foi combinado que a decisão é do departamento de futebol que apresenta e libera jogadores. De qualquer forma, é enaltecer a conquista desses jogadores que buscaram situações difíceis. O Roni é exemplo disso e, na adversidade, nunca desacreditou. Ele foi seleção sub-20, ficou três anos fora, e sei como é fora, não se trabalha fundamentos de como aqui, e requer um pouco de tempo. E quando começou a pegar confiança, deu a resposta, então esse foi um exemplo de superação que carimbou a sequencia na competição”, afirmou.

O treinador sinaliza com a ideia de modificar a equipe para a partida contra o Coritiba, estreia no Brasileirão, mas não cita nomes.

“Saio com certeza de ideia de equipe. Não tenho convicção, porque quero ser justo com atletas que estão chegando. Já vi dois treinos deles, e ou escolher os melhores. Minha ideia é claro, ou é quadrado ou losango, falta definir, tenho uma semana para definir, mas ideia está bem claro. Vamos aproveitar essa sequência boa para dar continuidade”.

Com expectativa de usar a Arena Condá – que está em reforma – a Chape enfrenta o Coritiba no sábado, 19.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade