Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Com fratura na lombar, Hernane desfalca Flamengo por 4 semanas

Rio de Janeiro (RJ)

O capítulo negativo no triunfo do Flamengo sobre a Cabofriense, que levou o Rubro-Negro à decisão do Campeonato Carioca, foi a saída do centroavante Hernane, que acusou dores nas costas. Vetado no embate contra o Emelec-EQU, na Libertadores, o Brocador, nesta sexta-feira, descobriu a real causa de seu sofrimento: um exame de imagem alegou uma pequena fraura na região da apófise transversa lombar, que o afastará dos gramados por quatro semanas.

Hernane vê maldade em contato de Luizão: “Não precisava daquilo”

Na volta do solo equatoriano, onde os comandados de Jayme de Almeida triunfaram por 2 a 1, Hernane, antes de saber os resultados do diagnóstico, mostrou-se incomodado com a situação: “Já fiz várias sessões de recuperação, mas as viagens atrapalharam um pouco. Estou me recuperando, mas depende da dor. Ela tem que sumir”, resumiu.

Titular no início da temporada e com cinco redes balançadas no Campeonato Carioca, o Brocador se vê ameaçado por Alecsandro. Autor de um dos gols sobre o Emelec, cobrando pênalti na primeira etapa, o ex-centroavante do Atlético-MG possui dez redes balançadas na competição estadual e disputa a artilharia do torneio com Edmílson (Vasco), que tem 11. Ou seja, o período de estaleiro do camisa 9 pode lhe custar a presença na referência ofensiva do clube da Gávea.

Pensando na final do Campeonato Carioca, diante do Vasco, o departamento médico do Flamengo já havia vetado, além de Hernane, as presenças dos laterais Léo Moura e André Santos, com problemas musculares, além do volante Victor Cáceres e do meia Elano. O primeiro se recupera de uma luxação no ombro, enquanto que o segundo não melhorou de uma lesão na coxa.

O único que ainda é dúvida é o lateral-direito Léo, que se recupera de um problema muscular. O jogador será avaliado no treinamento deste sábado para saber se poderá reforçar a equipe na final. O primeiro compromisso decisivo no Estadual ocorre neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Estádio do Maracanã.

Alexandre Vidal / Fla Imagem
Hernane viajou para Guayaquil, mas acabou vetado do duelo contra o Emelec, onde Alecsandro brilhou

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade