Futebol/Copa Libertadores da América - ( - Atualizado )

Com gol nos acréscimos, Lanús consegue virada sobre o Santos Laguna

Buenos Aires (Argentina)

Nesta quarta-feira, foi inaugurada a fase oitavas de final da Copa Libertadores da América. Atuando em Buenos Aires-ARG, o Lanús saiu perdendo, mas conquistou a virada sobre o Santos Laguna-MEX nos acréscimos, pelo placar de 2 a 1. Quintero inaugurou o placar em favor dos visitantes, mas viu Monteseirín e Martínez, aos 49 minutos da segunda etapa, decretarem o triunfo grená.

Assim, os comandados de Guillermo Barros Schelotto levam vantagem para o Estádio Corona, palco do jogo de volta, onde poderão jogar pelo empate. O compromisso ocorre no dia 24 de abril (quarta-feira), às 00h10 (de Brasília), na cidade de Torreón.

O jogo – Mesmo atuando longe do México, o Santos Laguna criou a primeira chance da partida, com Juan Pablo Rodríguez. Porém, a finalização do meia tomou o caminho da linha de fundo. Com 15 jogados, o Lanús teve sua primeira oportunidade, mas Sánchez praticou boa defesa na conclusão do lateral-esquerdo Velázquez.

A partir da metade da primeira etapa, além das investidas em velocidade com o camisa 9 Rentería, os mexicanos chegava com perigo nas conclusões de fora da área. Em uma delas, aos 45 minutos, Quintero assustou o goleiro argentino Marchesín, que acompanhou a trajetória da bola.

Após terminarem o primeiro tempo de modo superior ao clube argentino, os visitantes, em grande estilo, inauguraram o marcador aos 12 minutos da segunda etapa. Aproveitando cobrança de lateral executada na ponta direita, Quintero invadiu a área em velocidade e estufou a rede mandante com uma finalização firme, de pé direito.

Em desvantagem, o Lanús não demorou para deixar o marcador na igualdade. Com 20 jogados, Monteseirín aproveitou uma sobra de bola na entrada da área e fuzilou o gol de Sánchez.

Quando o relógio apontou a marca dos 36, os grenás desperdiçaram uma boa oportunidade. Acionado na área, em posição legal, Melano ficou cara a cara com Sánchez, mas parou em defesa milagrosa do arqueiro visitante, que buscou a bola com o pé esquerdo. 

Porém, no último lance do jogo, aos 49 minutos, a vitória mandante foi conquistada. Em cruzamento na área, Sánchez, antes herói, saiu mal e não conseguiu afastar a bola. Aproveitando a sobra, o defensor Martínez subiu e testou firme, no canto esquerdo da meta desprotegida.

AFP
Martínez, aos 49 minutos do segundo tempo, decretou a virada grená: Lanús leva vantagem para o México

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade