Futebol/Campeonato Catarinense - ( - Atualizado )

Com melhor campanha, Figueira bate JEC e fatura Campeonato Catarinense

Florianopolis (SC)

O Figueirense é o campeão catarinense de 2014. Após a boa campanha na segunda fase da competição Estadual, o Figueirense superou a derrota por 2 a 1 no jogo de ida da decisão, venceu o Joinville por 2 a 1 e, na tarde deste domingo, levantou o troféu no estádio Orlando Scarpelli, com a vantagem de melhor campanha.

O primeiro tempo foi de domínio claro dos anfitriões. A equipe comandada pelo técnico Vinícius Eutrópio chegou ao primeiro gol logo no primeiro minuto de jogo, com Giovanni Augusto. Depois disso, o JEC ficou apenas se defendendo, enquanto o Figueira só pressionava até ampliar o marcador com Lúcio Maranhão, aos 36.

Na volta dos vestiários, o panorama da partida mudou e o Joinville reagiu. Aos 11 minutos Wellington Saci marcou e colocou fogo no jogo. Enquanto isso, o Figueira tentava ampliar e ao mesmo tempo se segurava na defesa até o apito final do juíz.

Este foi o primeiro trofeu conquistado pelo treinador Vinícius Eutrópio desde que decidiu substituir os gramados pela área técnica. Por outro lado, o vice-campeonato rendeu ao Joinville uma vaga na Copa do Brasil de 2015.

Divulgação
Os jogadores foram comemorar com a torcida a conquista do título catarinense no estádio Orlando Scarpelli
O jogo – Aos 10 segundos do primeiro tempo, Everton Santos foi derrubado por Ivan dentro da área e o árbitro Héber Roberto Lopes marcou penalidade máxima. Na cobrança, Giovanni Augusto bateu, Ivan defendeu, mas o camisa 7 do Figueira pegou o rebote e mandou para o fundo do gol para inaugurar o marcador.

Após marcar, os anfitriões seguiram pressionando o JEC. Aos 7 minutos da etapa inicial, Dudu recebeu na segunda trave e chutou de primeira, mas a zaga mandou para a linha de fundo. Desde então, o Figueira teve uma sequência de escanteios e o goleiro Rafael conseguiu afastar o perigo.

Foi um bombardeio na defesa do Joinville. Aos 15 do primeiro tempo, Everton Santos recebeu ótimo passe, invadiu a área e bateu; Ivan conseguiu pegar a bola no cantinho e Rafael afastou o rebote. Dois minutos depois, Lucio Maranhão abriu na meia lua da área e deixou para Santos bater de primeira, mas a bola foi para a linha de fundo.

O JEC não conseguia encaixar uma boa jogada de ataque, enquanto o Figueira fechava bem o meio-campo e só pressionava os visitantes. O segundo gol dos anfitriões não tardou. Após bola lançada na área aos 36 minutos do primeiro tempo, o goleiro Ivan mandou rebote para o meio e Lúcio Maranhão estufou as redes adversárias para ampliar o placar no Orlando Scarpelli.

Na volta dos vestiários, o Joinville tratou de correr atrás do prejuízo e chegou com perigo logo no início. Aos 3 minutos da etapa complementar, Bruno Costa cruzou, Fernando Viana ganhou a disputa dentro da área, perdeu o ângulo, mas chutou para o gol e a bola bateu na rede do lado de fora.

Aos 11, o primeiro gol do Joinville saiu. Wellington Saci passou pelos adversários e chutou com convicção, sem chances para o goleiro Volpi. Com isso, a partida, que era tranquila para o Figueira, ficou tensa.

Embalado com o gol, o JEC quase ampliou. Aos 17 minutos do segundo tempo, Fernando Vianna aplicou um chapéu sobre o zagueiro Thiago heleno, ganhou na velocidade e bateu de fora da área; a bola passou muito perto do travessão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade