Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Com reservas, Santos enfrenta Mixto e tenta esquecer final estadual

Cuiabá (MT)

Finalista do Campeonato Paulista, assim como o Ituano, o Santos será outro em sua estreia na Copa do Brasil. O técnico Oswaldo de Oliveira preservará a maioria dos seus titulares na partida contra o Mixto, às 22 horas (de Brasília) desta quarta-feira, na Arena Pantanal. Ele só exigiu a mesma postura que levou o time adiante no Estadual.

“Vamos jogar para a frente, como temos feito no Paulista”, acatou o atacante Rildo, um dos santistas que terão a chance de mostrar serviço. “O Oswaldo está montando uma equipe muito forte também para a Copa do Brasil. Tenho certeza de que desempenharemos um bom papel, tentando trazer a vitória para a torcida”, complementou.

O Santos contará com três jogadores com mais rodagem, provenientes de sua equipe considerada ideal – o goleiro Aranha, que pediu para jogar, e os laterais Cicinho e Mena, impedidos de enfrentar o Ituano no fim de semana por conta de suspensão. Além deles, o veterano Léo estará novamente à disposição no banco de reservas, depois de quase cinco meses de inatividade.

Ricardo Saibun/Santos FC
Oswaldo de Oliveira poupou a maioria dos titulares do Santos para a decisão do Campeonato Paulista
Para Ary Marques, técnico do Mixto, esses jogadores, aliados aos novatos do Santos, já são suficientes para inspirar preocupação. “Entendo a situação do Oswaldo. Se eu estivesse em uma final do Paulista, talvez também poupasse alguns titulares. Isso não muda nada para nós. É um adversário de tradição, um time jovem”, enalteceu.

Enfrentar um grande clube logo na primeira fase da Copa do Brasil não será a única motivação do Mixto. A equipe também está ansiosa para estrear a moderna Arena Pantanal. “Quem vier acompanhar a Copa do Mundo aqui ficará maravilhado”, comentou Ary Marques, antes de recobrar a prudência. “Vamos esquecer a festa. Para nós, é como se fosse decisão.”

De fato, se quiser conhecer também a Vila Belmiro, o Mixto precisará encarar o jogo dessa forma. O Santos viajou para o Centro-Oeste disposto a ganhar por pelo menos dois gols de diferença e eliminar o jogo de volta do mata-mata. “Temos que esquecer um pouco o Campeonato Paulista e procurar fazer uma grande partida para trazer o resultado”, pregou Rildo, que enfrentará veteranos como o volante Paulo Almeida e o agora meia Ruy Cabeção em Cuiabá.

FICHA TÉCNICA
MIXTO X SANTOS

Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
Data: 2 de abril de 2014, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino (GO)
Assistentes: Ciro Chaban Junqueira (DF) e Márcio Soares Maciel (GO)

MIXTO: Igor; Denilson, Zé Adriano, Robinho e César Romero; Paulo Almeida, Kiko, Edilson (Ferreira) e Ruy Cabeção; Fogaça e João Paulo
Técnico: Ary Marques

SANTOS: Aranha; Cicinho, Jubal, Nailson e Mena; Alison, Alan Santos e Lucas Lima; Diego Cardoso, Stéfano Yuri e Rildo
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade