Futebol/Liga dos Campeões da Europa - ( - Atualizado )

Com tarefa “quase impossível”, Chelsea recebe PSG para chegar à semi

Londres (Inglaterra)

No estádio Stamford Bridge, o Chelsea terá uma missão “quase impossível”. Nesta terça-feira, às 15h45 (de Brasília), a equipe comandada pelo técnico José Mourinho encara o Paris Saint-Germain pelo jogo de volta das quartas de final da Liga dos Campeões da Europa e, para avançar às semis, precisará reverter o placar de 3 a 1, imposto pelo time francês na ida.

Para chegar diretamente à semifinal da competição, os Blues terão que vencer por três ou mais gols de diferença. Se derrotar o PSG por 3 a 1, a definição vai para a prorrogação e, se o placar persistir, terá cobranças de penalidades alternadas. O técnico José Mourinho não está confiante com esses resultados.

“É uma tarefa quase impossível. Precisamos de um resultado louco para avançar. Se tivermos que perder, perderemos depois de uma magnífica noite de futebol, uma magnífica noite de emoções”, afirmou o treinador que viu sua equipe vencer o Stroke City por 3 a 0 no último sábado, pelo Campeonato Inglês.

AFP
Apesar de achar "quase impossível" a reviravolta do Chelsea, Mourinho ainda acredita
Se recuperando de uma lesão na coxa desde o dia 22 de março, o atacante Samuel Eto’o treinou na segunda-feira, mas é dúvida para o duelo contra a equipe de Paris. O comandante dos Blues espera ter o jogador disponível pela causa da necessidade de marcar gols.

“Se Eto’o estará pronto? Vamos ver. Talvez ele possa jogar, mas para arriscar você precisa ter a mínima condição para assumir esse risco. Precisamos marcar gols. Se não marcarmos dois gols estamos fora. Sabemos disso, então se pudermos ter todos atacantes disponíveis será ótimo”, disse Mourinho.

Além disso, o técnico do Chelsea não poderá contar com o brasileiro Ramires, suspenso. Apesar disso, Mourinho acredita que a ausência do goleador sueco Zlatan Ibrahimovic poderá ajudar. “Para esta partida tão difícil, a melhor maneira para tentar fazer o resultado é entrar com sorriso e jogar por ele”, declarou.

A boa notícia para os Blues é a presença de Lampard. O meio-campo vai iniciar a partida e acredita na classificação, mas prega cautela. “Temos de ficar concentrados porque com a equipe que temos, podemos ganhar seguramente por dois gols. Claro, não podemos ser otimistas demais”.

Pelo lado do Paris Saint-Germain, a diretoria do clube ofereceu uma quantia motivadora para o elenco caso avance às semis. Segundo o jornal Le Parisien, o time prometeu pagar 450 mil euros para cada jogador em caso de classificação. A publicação local ainda destacou que o prêmio para o título do campeonato europeu será de 1 milhão de euros.

Com uma lesão na coxa, Ibra ficará de fora da equipe por, pelo menos, quatro semanas. Ele se machucou na última partida contra o Chelsea, no Parc des Princes, e Lucas deverá ser o substituto.

Divulgação/Site oficial do PSG
Com Ibrahimovic lesionado, o brasileiro Lucas deverá ser o substituto na decisão contra o Chelsea

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade