Futebol/Mercado - ( )

Concorrentes de Kardec pedem a permanência do atacante no Palmeiras

Vítor Dalseno, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Vontade não só da diretoria e dos torcedores do Palmeiras, a permanência de Alan Kardec no clube é também desejada por seus concorrentes diretos. Reserva imediato do camisa 14, o jovem atacante Miguel minimiza a concorrência, e deseja que o companheiro acerte sua situação com o Verdão.

“Esse assunto a gente deixa para a diretoria. A minha vontade é que ele fique, porque é nosso principal jogador, quem está decidindo os jogos para a gente”, disse Miguel.

Outro reserva de Gilson Kleina no ataque, Rodolfo também prioriza o coletivo. “Excelente jogador. Quando está em campo, ajuda muito a equipe. Se sair, vai fazer muita falta. Mas acho que ele está feliz aqui”.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Representante e pai de Alan Kardec considerou a oferta salarial do Palmeiras muito baixa
Alan Kardec está emprestado até 30 de junho, e o Palmeiras já encaminhou a forma de pagamento dos 4 milhões de euros (cerca de R$ 12,5 milhões) ao Benfica para tê-lo em definitivo. A ideia é que ele assine contrato de cinco anos. A questão salarial tem sido o principal e último obstáculo para a concretização da renovação.

O pai e agente do jogador, que também se chama Alan Kardec, deve se reunir com a diretoria alviverde no início da próxima semana. Em entrevista à GazetaEsportiva.net, o empresário disse que aguarda por um desfecho até terça-feira.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade