Futebol - ( - Atualizado )

Corinthians confirma busto de Rivellino no Parque e marca inauguração

Marcos Guedes São Paulo (SP)

O Corinthians confirmou o que o presidente Mário Gobbi havia prometido no ano passado. O ex-jogador Roberto Rivellino ganhará um busto no Parque São Jorge, homenagem restrita a poucos ídolos da história de quase 104 anos da agremiação alvinegra.

A cerimônia foi marcada para o dia 24 de maio e será acompanhada por convidados e sócios do clube. A escultura que reproduzirá as feições do Reizinho do Parque ficará na Praça da Liberdade, local da sede social onde foi colocado o busto de Sócrates, há quase dois anos.

Assim, Rivellino vai se juntar a Neco, Cláudio, Luizinho, Baltazar e o próprio Sócrates. Ele será o único da turma sem nenhum título importante em preto e branco, mas a gestão de Mário Gobbi – também responsável pelo busto do Doutor – tem feito esforço para reconhecê-lo.

Acervo/Gazeta Press
Rivellino é um dos ídolos de Mário Gobbi
Palmeirense na infância, o craque foi expulso do Corinthians após a derrota para o Palmeiras na final do Campeonato Paulista de 1974. Com a equipe alvinegra em jejum de 20 anos de títulos, ele foi culpado pelo resultado e partiu para o Fluminense, onde ergueu os troféus que não conseguiu no clube que o formou.

“Eu estava no Morumbi naquele jogo. Se fosse presidente do Corinthians na época, não teria vendido o Rivellino. O futebol é um esporte coletivo. Você não pode jogar a culpa pela perda de uma competição em cima de um só atleta”, disse Gobbi, em entrevista concedida à Gazeta Esportiva em 2012.

Apesar da despedida amarga, Rivellino manteve o carinho pelo time do Parque São Jorge e culpou a imprensa, não a torcida, pelo triste adeus. Ele já havia se emocionado ao marcar seus pés na calçada da fama do clube e chorado quando o atual presidente lhe fez a promessa do busto.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade