Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Coritiba faz 2 a 0 na Caldense e elimina segundo jogo

Poços de Caldas (MG)

O Coritiba conseguiu evitar o jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil 2014 ao bater ao Caldense-MG, por 2 a 0, no Estádio Ronaldão, em Poços de Caldas. O resultado foi construído ainda no primeiro tempo, com os visitantes administrando até o final da partida, com um jogador a menos nos 45 minutos finais. Paysandu, Brasília ou Sport será o próximo adversário.

A bola mal havia rolado e, aos dois minutos, Jajá, que ganhou a condição de titular com a lesão de Júlio César, viu o goleiro adiantado e de fora da área, acerou um lindo chute para abrir o placar. O Alviverde paranaense dominava as ações e tentava ampliar o placar. Aos nove minutos, Robinho recebeu em velocidade, mas fez falta no momento a arrancada.

Os mineiros tentavam sair para o jogo, mas deixam mais espaço. Com isso, aos 19 minutos, Jajá tocou para Robinho, que com muita tranquilidade tocou na saída do o goleiro para fazer o segundo. O resultado eliminava o duelo da volta. Aos 25 minutos, um torcedor invadiu o gramado e foi imobilizado pela polícia, interrompendo momentaneamente a partida. Com a bola rolando, aos 29 minutos, Maradona cobrou falta e Vanderlei ficou com ela.

Divulgação/Vipcomm
Com dois gols no primeiro tempo, o Coritiba eliminou o jogo da volta contra Caldense (Crédito: Luciano Santos)
Mostrando que a marcação é a grande marca da equipe montada por Celso Roth, o Coxa não dava espaços e administrava bem o resultado. Aos 36 minutos, Zé Love chegou pela lateral e cruzou em cima da defesa mineira. A melhor chance da Caldense foi criada aos 43 minutos, com Pikachu desviando de cabeça para uma grande defesa de Vanderlei, que pegou no reflexo. Aos 45 minutos, Carlinhos derrubou Tardelli na área. Pênalti e expulsão. Na cobrança, Maradona parou em Vanderlei.

Para a etapa final, o Coritiba voltou com Dener Assunção no lugar de Zé Love. Pelo lado da Caldense, Léo Salino saiu para a entrada de Evandro. Aos dois minutos, Gil tentou o cruzamento fechado e Marcelo cortou pela linha de fundo. Com um jogador a mais e precisando de um gol para evitar a eliminação precoce, os mineiros tinham uma postura mais ofensiva.

Fechado, o Coritiba impedia qualquer avanço da equipe da casa, mas mostrava nervosismo com a arbitragem. Aos 15 minutos, Robinho cobrou falta e Gilberto se esticou todo para salvar. Na reposta, aos 19 minutos, confusão na área coxa-branca, mas ninguém conseguiu aproveitar, facilitando o corte de Jajá, que ainda conseguiu o tiro de meta. Aos 25 minutos. Michel Cury tentou o arremate e Vanderlei, bem colocado, segurou firme.

A torcida fazia sua parte fora de campo tentando ajudar na pressão, mas a situação da Caldense ficava mais complicada a cada minuto que passava. Aos 33 minutos, Plínio pegou de primeira na área e Vanderlei defendeu. Aos 39 minutos, Evandro ajeitou para Maradona, que finalizou cruzado, para fora. Aos 44 minutos, sem goleiro, Roni chutou errado e mandou para fora. Porém, o gol não fez falta.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade