Futebol Internacional/Eurocopa - ( - Atualizado )

Depois de Lisboa, Praga também desiste de ser sede da Euro 2020

Praga (República Tcheca)

Em nota, a Federação Tcheca de Futebol anunciou nesta quarta-feira que a capital da República Tcheca não é mais candidata a ser uma das sedes da Eurocopa de 2020. Segundo a entidade, a desistência se deve à rejeição, na Câmara Municipal local, de um projeto de reforma de um dos estádios da cidade para que este se tornasse apto a receber jogos.

O anúncio acontece um dia depois de Lisboa também descartar a participação no processo de escolha da Uefa. Alegando que o evento não trará benefícios à cidade, a Câmara Municipal local rejeitou se candidatar a receber partidas do torneio. O mesmo aconteceu com Porto, dias antes.

A Eurocopa de 2020 será a primeira a ser disputada sem uma sede fixa. A intenção da Uefa é escolher 13 cidades-sede espalhadas pelo continente. A final e as semifinais do torneio seriam disputadas no mesmo estádio. Os locais escolhidos devem ser anunciados em setembro deste ano.

Antes disso, em 2016, a França será o último país a receber a Eurocopa como sede única. Será a 15ª edição da competição, que terá número recorde de participantes. Ao contrário das últimas edições, que contaram com 16 seleções, a Euro francesa contará com 24 selecionados nacionais da Europa.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade