Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Dinamite se indigna: "É sempre contra o Vasco e a favor do Flamengo"

Rio de Janeiro (RJ)

Após a entrevista coletiva de Adilson Batista, Roberto Dinamite fez questão de se manifestar. O presidente do Vasco se indignou com o gol impedido de Márcio Araújo, nos acréscimos, que sentenciou o empate por 1 a 1 e o título carioca para o Flamengo, rival que, na opinião do ex-atacante, é sempre beneficiado.

“Estou aqui para registrar minha indignação com mais um erro que prejudica todo o nosso trabalho. Em nome do Vasco e de nossos milhões de torcedores, venho reclamar. Errar uma vez é normal, duas a gente até aceita... Mas a terceira? E sempre contra o Vasco?”, indagou o dirigente.

O mandatário lembrou que, no clássico da primeira fase, a arbitragem não validou uma bola que claramente passou da linha do gol na vitória flamenguista por 2 a 1. “Infelizmente, é sempre a favor do Flamengo. É lamentável. Não é chororô. Se foi impedimento, que seja marcado”, reclamou.

Após a final, o presidente da Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj), Rubens Lopes, foi até a porta do vestiário vascaíno para falar com Dinamite, mas foi embora quando viu o dirigente ainda falando com o elenco e a comissão técnica. O ex-atacante, contudo, diz que nem sabe o que falar com o mandatário da Ferj.

“Na foto, dá para ver que o auxiliar está na posição correta e nada. Mas não posso punir o bandeirinha. Já são vários árbitros no campo para que o erro não aconteça”, comentou, bravo com benefícios que vê ao Flamengo. “Temos que sentar e discutir. Vamos pensar em um campeonato que seja bom para todos, não para só um clube”, apontou.

“A televisão mais uma vez mostrou o erro e nada vai acontecer. Depois vão falar que o cara não enxergou, que vai fazer exame de vista, que é problema psicológico... Mas sempre contra o Vasco? Ficamos chateados pela forma como o campeonato é conduzido e a arbitragem decide uma partida. Aqui tem chefes de família que querem um futebol sério. Não queremos ser beneficiados, mas não podemos mais ser prejudicados”, afirmou.

Dinamite não tem dúvidas do peso de quem apita no vice-campeonato vascaíno. “Não é choro de perdedor, mas tenho que lamentar erros decisivos que impediram o Vasco de chegar ao título. Isso é ruim para todos. O futebol do Rio de Janeiro não merece isso”, definiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade