Futebol Internacional/Copa Libertadores da América - ( - Atualizado )

Em desvantagem, Grêmio enfrenta San Lorenzo por vaga nas quartas

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Enfrentar dificuldades na Copa Libertadores parece ser o destino do Grêmio em 2014. Depois de passar pelo “grupo da morte” da competição na etapa inicial, o Tricolor Gaúcho tem agora outra pedreira: reverter a desvantagem de 1 a 0 do San Lorenzo, campeão argentino, para chegar às quartas de final da competição. A partida decisiva ocorre nesta quarta, na Arena, às 22 horas (horário de Brasília).

A derrota no jogo de ida não abalou o Tricolor. Pelo contrário: mesmo muito desfalcado, o Grêmio voltou vivo da Argentina. O fato de jogar praticamente completo na Arena anima o elenco: “o time foi bem, tivemos chances de fazer o gol. Agora tem o jogo de volta, precisamos descansar, pois esse 1 a 0 dá para tirar na quarta. Tenho certeza que em casa a gente vai conseguir reverter”, afirmou o atacante Dudu, o melhor gremista no Nuevo Gasómetro.

Dudu, praticamente sozinho, infernizou a vida do lateral direito Buffarini no jogo de ida. Para a partida de volta, ganhará duas companhias de peso. A primeira é Wendell, que, recuperado de lesão, volta ao time na lateral esquerda. A outra é Zé Roberto, que deverá substituir Ramiro e fazer a função de volante e meia pelo lado canhoto, para dar mais agressividade e qualidade técnica ao time.

Além de Wendell, quem voltará à equipe como titular o atacante Luan, grande destaque gremista na fase inicial da Libertadores. Em Buenos Aires, o jovem de 21 anos entrou no segundo tempo, recuperado de fratura na mão. Domingo, contra o Atlético-MG, foi um dos melhores em campo na vitória dos reservas gremistas por 2 a 1, na Arena. Seu retorno ao time está confirmado.

Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Pressionado no cargo, o técnico Enderson Moreira terá um difícil desafio diante do San Lorenzo

A exemplo do Grêmio, o San Lorenzo também poupou titulares no final de semana, quando empatou em 0 a 0 com o Belgrano, em Córdoba, pelo Campeonato Argentino. O resultado deixou o time longe do bicampeonato nacional, mas o risco foi calculado: o grande objetivo do Ciclón é ganhar a Libertadores, competição que ainda não consta em sua sala de troféus.

“Nosso objetivo inicial era ganhar o campeonato nacional, e conseguimos. Agora, é o de ganhar a Libertadores”, afirmou Correa, autor do gol da vitória sobre o Grêmio na quarta passada. O atacante, porém, projeta um duelo complicado para o San Lorenzo em Porto Alegre: “vai ser difícil, mas o importante é ganharmos no Brasil. Só penso na decisão de quarta, e em nada mais. Meu sonho agora é ganhar e nos classificarmos. Vamos dar tudo para ganharmos a Copa”, prometeu.

Para vencer na Arena, o San Lorenzo terá de melhorar seu próprio retrospecto como visitante nesta Libertadores. Em três partidas na fase de grupos, os argentinos perderam duas jogando fora da Argentina e empataram uma. A curiosidade é que o técnico Edgardo Bauza chegou à Arena na fase preliminar da Libertadores de 2013 com a mesma vantagem de 1 a 0 sobre o Grêmio, quando treinava a LDU. O time gaúcho obteve a classificação nos pênaltis naquela oportunidade.

A equipe que virá a Porto Alegre deve ser a mesma que iniciou o confronto da semana passada, em Buenos Aires. A única dúvida de Bauza está no comando de ataque. O titular Nicolás Blandi está clinicamente recuperado de lesão no pé direito, mas, sem ritmo de jogo, deverá dar lugar a Mauro Matos. O meia Leandro Romagnoli, suspenso, é desfalque certo.

Com todos os ingressos vendidos, a Arena do Grêmio poderá receber público recorde nesta quarta. A expectativa da administração do estádio é de que ao menos 45 mil pessoas compareçam para empurrar o Tricolor rumo à classificação. Quem se classificar enfrentará Cerro Porteño-PAR ou Cruzeiro nas quartas de final.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X SAN LORENZO-ARG

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 30 de abril de 2014, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Roberto Silvera (URU)
Assistentes: Carlos Pastorino (URU) e Nicolás Tarán (URU)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Geromel e Wendell; Edinho, Riveros e Zé Roberto; Luan, Barcos e Dudu
Técnico: Enderson Moreira

SAN LORENZO-ARG: Torrico; Buffarini, Valdés, Gentiletti e Más; Mercier, Ortigoza, Villalba e Piatti; Correa e Matos
Técnico: Edgardo Bauza

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade