Futebol/ Campeonato Espanhol - ( - Atualizado )

Após novo caso de racismo, Barça vira e mantém vivo sonho do título

Vilarreal (Espanha)

Foi com uma virada inacreditável que o Barcelona conseguiu bater o Villarreal, por 3 a 2, no Estádio El Madrigal, em jogo válido pela 35ª rodada do Espanhol. Com dois gols contra e um de Messi, a equipe do instável técnico Martino conseguiu sair de um placar adverso de 2 a 0 e virou nos instantes finais da partida. Quando o jogo estava 2 a 1, uma banana foi atirada no brasileiro Daniel Alves - o lateral respondeu com bom humor e comeu a fruta. Com a vitória, o Barça alcança os 84 pontos, quatro atrás do líder Atlético de Madri, faltando três jogos para o fim do torneio. Já o Villarreal, se mantém na 7ª posição, com 52 pontos e praticamente garantido na próxima Liga Europa.

O Jogo - O duelo começou com o Barcelona exercendo a posse de bola, insistindo muito com a troca de passes no meio-campo, mas sem agredir a zaga do Villarreal. O primeiro lance de perigo foi protagonizado por Messi, aos 17 minutos. O segundo melhor do mundo invadiu a área e chutou fraco para a defesa do arqueiro Ansejo, que com o pé afastou o perigo dali. Um minutos depois, o Submarino Amarelo deu a réplica com um chute perigoso do lateral-direito Mario.

Neymar manifesta apoio a Daniel Alves: “Somos todos macacos”. Leia mais

A partir da segunda metade do primeiro tempo, o Villarreal dominou as ações ofensivas. E de tanto insistir, quando o juiz se preparava para apitar o fim, Pereira deixa o meia Cani livre na cara do gol, que não desperdiça e abre o placar para os donos da casa. Foi um balde de água fria nos comandados do técnico do Barça, Martino.

O segundo tempo começou com Messi e companhia pressionando. Aos cinco minutos, o goleiro Ansejo teve que fazer boa defesa em chute do argentino. Quatro minutos depois, em falta frontal à área do Villarreal, Messi bate forte, mas o arqueiro dos amarelos defende em dois tempo.

O azar não terminaria ali para o Barcelona. Um minuto após esse chute do craque argentino, Aquino faz ótimo cruzamento para o meia Trigueros que, de cabeça, fez 2 a 0 para o Villarreal.

Reprodução de TV
Lateral Daniel Alves sofreu racismo durante partida contra o Villarreal. Torcedores da equipe mandante arremessaram uma banana em sua direção, enquanto batia escanteio

No entanto, o Barça queria jogo e, aos 16, Iniesta assusta a meta do time adversário com um chute forte de fora da área, que passa rente à trave do goleiro Ansejo. A recompensa pela luta viria quatro minutos depois, quando o brasileiro Daniel Alves investiu pela direita e chutou. A bola desviou no zagueiro Gabriel, enganou Ansejo e balançou as redes do Villarreal.

Aos 30, os torcedores do Villarreal protagonizaram mais um triste episódio no futebol. Uma banana foi arremessada em direção ao lateral brasileiro Daniel Alves momentos antes dele bater um escanteio. O racismo foi combatido com uma atitude curiosa do atleta, que pegou a banana, comeu e imediatamente cruzou a bola na área.

Aos 33 minutos, os torcedores no El Madrigal acreditavam estarem vendo um replay do primeiro gol do Barça. Isso, porque Daniel Alves avançou novamente pela direita, cruzou e a bola desviou no zagueiro Musachio, traindo o arqueiro do time da casa. Só o vilão foi alterado e o time da Catalunha empatava o jogo.

Para continuar vivo na disputa do título, o empate não bastaria aos visitantes. Por isso, Messi decidiu mandar a crise para os ares e, faltando sete minutos para o término do tempo normal, recebeu belo passe de Fábregas e virou a partida para os barcelonistas. O craque dedicou seu gol ao ex-técnico Tito Vilanova, que faleceu nesta semana.

O Villarreal tentou esboçar alguma reação, mas sem sucesso. O Barcelona soube segurar a bola e garantiu os três pontos que o mantém vivo na perseguição ao Atlético de Madri.

Divulgação
Jogadores do Barcelona comemoram a virada heróica, que mantém o time ainda vivo na luta pelo título do Espanhol

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade