Futebol/Campeonato Liga dos Campeões - ( - Atualizado )

Em Munique, Real joga com vantagem para tentar parar máquina alemã

Munique (Alemanha)

Nesta terça-feira, o Real Madrid entra em campo com uma missão: segurar a vantagem conquistada na partida de ida das semifinais da Liga dos Campeões, diante do poderosíssimo Bayern de Munique. Se na capital espanhola o placar foi de 1 a 0 para os merengues, agora, o time de Carlo Ancelotti, às 15h45 (de Brasília), na Allianz Arena, joga pelo empate contra os comandados de Pep Guardiola. Confiança não falta em nenhum dos lados para o duelo da competição mais importante do futebol europeu.

Provocações também não estão em falta. “Li que em Madrid dizem que já estão na final”, provou Guardiola. “Marcar dois gols neles não é uma missão fácil, mas tentaremos com todas as nossas forças”, garantiu. Para o treinador, a atuação apagada do craque dos Bávaros Ribéry não pode se repetir. “O vi jogar com energia e agressividade. Com raiva. Ele precisa disso. Precisa ter raiva do comandante, da torcida, do árbitro e dele mesmo. É com essa característica que o time precisa dele em campo”, completou.

AFP
CR7 quer chegar à final para jogar em Lisboa
Pep Guardiola garante que não deixará espaço para os madrilenos atuarem e promete manter os 75% de posse de bola do jogo de ida. Para ele, domínio e fundamental, além de ter a consciência de que agressividade exagerada por ocasionar erros na troca de passes. “Temos que ter coração, que é assim que necessitamos para ganhar. Quem colocar mais paixão, chegará à final”.

Do outro lado, Carlo Ancelotti rebateu as declarações de Pep Guardiola. “Quem dera já tivéssemos passado à final. Será um jogo complicado, contra uma equipe gigante. Temos uma pequena vantagem e devemos aproveitá-la. Não somos tontos de achar que já ganhamos”, rebateu.

A dúvida do comandante para o confronto é entre Isco e Gareth Bale. O galês, inclusive, garante que está pronto para o duelo decisivo desta terça-feira. “Estou me sentindo bem e espero poder jogar contra o Bayern”, declarou.

Quem também pode cavar um lugar entre os 11 iniciais do Real Madrid é o lateral esquerdo Marcelo, recuperado de lesão. Ancelotti tem a opção de colocar o jogador na vaga de Fabio Coentrão.

O português Cristiano Ronaldo tem uma inspiração mais do especial para chegar à grande final. Caso o Real se classifique, disputará a grande decisão em Lisboa, seu país natal. “Seria um sonho. Podemos conseguir”.

AFP
Guardiola promete colocar 'coração em campo' para conquistar vaga à grande final da Liga dos Campeões

FICHA TÉCNICA:
BAYERN DE MUNIQUE X REAL MADRID

Local: Alianz Arena, em Munique (Alemanha)
Data: 29 de abril de 2014
Horário: 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Pedro Proença, de Portugal
Assistentes: Bertino Miranda e Tiago Trigo, ambos de Portugal

BAYERN DE MUNIQUE: Neuer; Rafinha, Boateng, Dante e Alaba; Schweinsteiger, Lahm e Kroos; Robben, Mandzukic e Ribéry
Técnico: Pep Guardiola

REAL MADRID: Casillas; Carvajal, Sergio Ramos, Pepe e Coentrão (Marcelo); Xabi Alonso, Modric e Isco (Bale); Di María, Benzema e Cristiano Ronaldo
Técnico: Carlo Ancelotti

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade