Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Em penúltimo treino, Pato divide bola parada com Álvaro Pereira

Tossiro Neto São Paulo (SP)

A dois dias da partida de volta contra o CSA, pela primeira fase da Copa do Brasil, Muricy Ramalho deu ênfase à bola parada no São Paulo. Depois de quase uma hora de trabalho fechado para a imprensa, no CT da Barra Funda, o treinador levou seus 11 prováveis titulares a campo e ensaiou cobranças de falta e escanteio diante das câmeras.

O lateral esquerdo Álvaro Pereira, que costuma ser o responsável por essas jogadas, ganhou auxílio de Alexandre Pato, na manhã desta segunda-feira. O atacante iniciou a atividade dentro da área, mas em seguida foi chamado para, ao lado do uruguaio, levantar uma série de bolas para os demais companheiros.

O aproveitamento de Pato, porém, foi melhor como finalizador do que nos cruzamentos. Dentro da área, as opções ofensivas foram sempre os zagueiros Rodrigo Caio e Antônio Carlos (os dois melhores cabeceadores do time), o volante Souza e o atacante Luis Fabiano, com o meia Paulo Henrique Ganso à espera de rebote, na meia-lua. No período em que a atividade foi aberta, não houve ensaio defensivo.

O treino serviu para Muricy novamente mostrar os 11 jogadores que, a princípio, pretende escalar diante do CSA. Não há novidade até o momento. São os mesmos que treinaram três vezes juntos na semana passada: Rogério Ceni; Douglas, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Álvaro Pereira; Souza, Maicon e Pato; Ganso, Osvaldo e Luis Fabiano.

Com a vitória por 1 a 0 no primeiro jogo, em Maceió, o São Paulo tem a vantagem de jogar pelo empate, na quarta-feira, no Morumbi. Se a equipe alagoana devolver o placar, a vaga na próxima fase do torneio mata-mata será decidida nos pênaltis.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Impedido de jogar Paulistão, Alexandre Pato fará sua segunds partida com a camisa tricolor nesta quarta-feira

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade