Futebol/Campeonato Gaúcho - ( - Atualizado )

Enderson pede desculpas aos gremistas após derrota que “doeu na alma"

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Lamber as feridas. Eis a palavra de ordem no Grêmio após a goleada sofrida na final do Campeonato Gaúcho. A derrota por 4 a 1 para o Internacional não esperada por ninguém na Arena. Segundo o técnico Enderson Moreira, a hora é de refletir e buscar força para superar o momento complicado.

“O importante é a gente lamber as feridas de uma derrota que dói, dói na alma da gente. A gente pede desculpas pro torcedor, mas estamos com a segunda melhor campanha na Libertadores. Precisamos nos fortalecer com as dificuldades”, disse o treinador gremista, bastante abatido, em sua coletiva após o jogo.

“Em dois tempos a gente foi muito pior, e isso fez toda a diferença. A gente fez bons jogos no Campeonato Gaúcho, mas na final não conseguimos realizar o jogo que queríamos fazer”, disse o técnico, referindo-se ao segundo tempo na Arena, quando o Inter virou o placar, e o segundo tempo no Centenário, quando sua equipe levou três gols nos primeiros 12 minutos.

O Grêmio terá uma semana para assimilar o vexame da decisão do estadual e recompor forças para a estreia no Brasileiro. O jogo contra o Atlético-PR será domingo que vem, em Florianópolis. Pela Libertadores, as oitavas de final começam dia 23, contra o San Lorenzo, em Buenos Aires.

Lucas Uebel/Grêmio FBPA
“Em dois tempos a gente foi muito pior, e isso fez toda a diferença", admitiu o técnico Enderson Moreira

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade