Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Evitando palavrão, Doriva agradece a Deus e a atletas por conquista

São Paulo (SP)

Apontado por gente de dentro e de fora do Ituano como o grande responsável pela conquista do Campeonato Paulista, Doriva comemorou bastante no Pacaembu, chegando a ser carregado e a levar banhos de isotônico. Empolgado, ele agradeceu a Deus e aos jogadores, cumprindo a meta de não soltar palavrões.

“Graças a Deus, não falei nenhum. Não é fácil, porque no meio do futebol tem muito”, afirmou o treinador, depois de dizer algumas frases de louvor a Jesus. “A gente está superfeliz, desfrutando este momento como nunca, com todos. Foi difícil, mas foi merecido.”

De acordo com Doriva, deixar Corinthians, Palmeiras e Santos para trás só foi possível porque os jogadores compraram sua ideia. A equipe do interior teve a melhor defesa do Estadual, com apenas 11 gols sofridos em 19 partidas, e mostrou eficiência na frente quando foi necessário.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
O técnico Doriva jura ter cumprido a meta de deixar o Pacaembu sem falar nenhum palavrão
“Os atletas têm que acreditar em você. Eles acreditaram em mim desde o início, e o resultado está aí. Esse time jogava e marcava, saía rápido, surpreendia. A marca do time é o comprometimento. Entrava um, entrava outro, e sempre havia o comprometimento. Isso fez a diferença”, comentou.

Entre um banho e outro dado pelos jogadores, que lhe atiravam o conteúdo de suas garrafas de isotônico, Doriva concluiu apontando a justiça do triunfo rubro-negro. “A gente sabe quanto os jogadores se esforçaram. Foi mérito. Só havendo mérito, haveria o resultado e o reconhecimento.”

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade