Futebol/Seleção Brasileira - ( )

Felipão não espera unanimidade em lista: “Nem Jesus conseguiria”

Vítor Dalseno e Helder Júnior São Paulo (SP)

O técnico da Seleção Brasileira, Luiz Felipe Scolari, não espera que a lista dos 23 jogadores convocados para a Copa do Mundo, que será divulgada no próximo dia 7, receba a aprovação de todos os brasileiros. O treinador até acha melhor que haja discordâncias.

“Se houver unanimidade, estou morto. Unanimidade entre 23 escolhidos? Nem Jesus Cristo faria isso. Milagre? Nem Ele conseguiria”, disse Felipão nesta segunda-feira, durante a festa de premiação do Campeonato Paulista.

Ao ser questionado sobre o meia Philippe Coutinho (Liverpool-ING) e o zagueiro Miranda (Atlético de Madri-ESP), Felipão indicou que a convocação final pode apresentar novidades.

“Qualquer jogador brasileiro tem chance de ser convocado. Juca, Pedro Paulo, João Diniz, qualquer um. Todos estão sendo observados. Chamarei aqueles que estiverem em condições dentro daquilo que eu pretendo, de acordo com as minhas concepções táticas”, afirmou.

Em contrapartida, o treinador da Seleção Brasileira garantiu que o time já está definido. “Não tenho dúvidas”.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Felipão disse não estar preocupado com as atuações de Paulinho e Neymar, que estão em baixa na Europa

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade