Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Flamengo vai reduzir elenco para contratar reforços

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

A conquista do título do Campeonato Carioca deu ao Flamengo um certo alívio em termos de cobranças. Porém, o fator financeiro teve um lucro pouco expressivo e a realidade do clube se complicou ainda mais com a eliminação precoce na Copa Libertadores. Ao sair na fase de grupos, o Rubro-Negro estima um prejuízo de cerca de 10 milhões de reais. Essa conta terá que ser paga pelo departamento de futebol, o qual já foi avisado que não terá contratações para o Campeonato Brasileiro e para a Copa do Brasil.

Com isso, a cúpula do futebol flamenguista já começa a trabalhar com alternativas para conseguir reforçar o plantel. O caminho encontrado é a redução da folha salarial com a dispensa de atletas que não fazem mais parte dos planos da comissão técnica. Na noite de quarta-feira, o zagueiro Welinton foi negociado por empréstimo com o Coritiba. Outro jogador que não vai ficar é o meia Carlos Eduardo, com contrato até junho. Ele já foi liberado para procurar uma outra equipe para defender no Campeonato Brasileiro.

Com a saída desses dois, a economia no clube já será de cerca de 550 mil reais. Porém, a diretoria ainda deverá se desfazer de alguns atletas para melhorar o caixa. Os meias Mattheus e Rodolfo e o atacante Igor Sartoro deverão ser emprestados para outros times para a disputa do Brasileiro. Isso também traria um certo alívio para a folha salarial.

Outra situação que está sendo analisada é a do atacante Negueba, que recebeu algumas sondagens do exterior e poderá ser negociado para o clube fazer caixa. Além disso, existe a informação de que equipes da Ásia voltarão a procurar o atacante Hernane, que quase foi negociado há dois meses. O jogador, inclusive, foi desfalque na reta final do Estadual e em confrontos decisivos da Libertadores devido a dores nas costas.

Divulgação/Flamengo
O Flamengo pretende reduzir a folha salarial por meio da dispensa de jogadores que não serão utilizados pela comissão técnica. Um deles é o meia Carlos Eduardo.

“Se acontecerem dispensas nós não podemos errar. O mesmo vale para contratações, pois não há muito dinheiro disponível para investir e precisamos melhorar esse elenco para a disputa do Campeonato Brasileiro. Vou manter contatos com os dirigentes no sentido de fazermos sempre o melhor para o Flamengo continuar competitivo”,disse o técnico Jayme de Almeida.

Em campo, os jogadores participaram de um trabalho físico na manhã desta quarta-feira na praia. O grupo foi muito exigido e voltará a treinar na tarde desta quinta. O Flamengo se prepara para a estreia no Campeonato Brasileiro, marcada para este domingo, às 18h30 (de Brasília), diante do Goiás no Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF). O Rubro-Negro vai receber neste duelo as faixas de campeão carioca. A viagem para a capital federal está prevista para o sábado, logo após treino no Ninho do Urubu.

Sobre a polêmica final do Campeonato Carioca, por sinal, a diretoria não se manifestou sobre o desejo do Vasco de tentar na Justiça a anulação do confronto pelo gol marcado pelo volante Márcio Araújo ter sido validado, mesmo com o jogador estando impedido. O Cruz-Maltino está se movimentando neste sentido, mas os flamenguistas vão esperar ações concretas para se posicionar. Como dificilmente os vascaínos terão sucesso nesta empreitada, a tendência é que o Flamengo sequer se posicione.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade