Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Fluminense diminui carga de ingressos doados às torcidas organizadas

Rio de Janeiro (RJ)

Os frequentes protestos da torcida do Fluminense e as ameaças aos jogadores fizeram o clube enfim decidir mudar o relacionamento com as organizadas. Após reunião nas Laranjeiras, a cúpula diretiva tricolor teria decidido diminuir a quantidade de ingressos doados às facções para a partida da Copa do Brasil contra o Horizonte, do Ceará, nesta quinta-feira,

A providência tem objetivo de reduzir as chances de confusão no Maracanã caso o Flu seja eliminado. Além disso, a Polícia Militar também se organizou previamente para impedir incidentes e deve aumentar o efetivo na partida.

A longo prazo, o planejamento do Fluminense é retomar a prática do segundo semestre do ano passado, quando nenhum ingresso era cedido aos torcedores organizados. Assim, a escolha por reduzir a carga ao invés de cortar totalmente o subsídio seria para evitar maior descontentamento.

A relação da torcida com o Fluminense tem sido conturbada nos últimos meses. Após o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro em campo, nem o retorno nos tribunais fez com que os tricolores voltassem a confiar na equipe. O fraco futebol apresentado no Carioca e a derrota por 3 a 1 para o Horizonte pioraram a imagem da equipe, mas a gota d’água para a decisão de diminuir os ingressos cedidos foi o incidente ocorrido no último sábado. Na ocasião, cerca de 30 pessoas ligadas às torcidas organizadas abordaram jogadores na saída do treino para “cobrar” melhor desempenho.

Divulgação/Fluminense F.C.
Centroavante promete "lutar com as armas que tem" e parar de celebrar seus gols com as organizadas
O comportamento destes torcedores deixou o atacante Fred bastante irritado. Um dos alvos da manifestação, o jogador desabafou nas redes sociais. “Os integrantes de torcidas organizadas não têm direito sequer de reclamar quando o time perde – tendo em vista que nem ingresso eles pagam –, quanto mais de agredir ou intimidar jogadores”, reclama.

É com este péssimo clima que o Fluminense vai a campo nesta quinta-feira para encarar o Horizonte, pela primeira fase da Copa do Brasil. Após ser derrotado por 3 a 1 no Ceará, o Tricolor precisa vencer por 2 a 0 ou por três gols de diferença para se classificar no tempo normal. Devolver o placar leva a decisão para os pênaltis, enquanto qualquer outro resultado elimina o time carioca da competição.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade