Futebol/Campenato Inglês - ( - Atualizado )

Fora de casa, Arsenal passa fácil por Hull City e se reafirma no G-4

Kingston upon Hull (Inglaterra)

Mesmo jogando longe de seus domínios o Arsenal apresentou um futebol bastante sólido, neste domingo, para superar, com facilidade, o Hull City, por 3 a 0. Assim, o time londrino garantiu, por mais uma rodada, seu lugar entre os quatro melhores, grupo de times que vai para a Liga dos Campeões na próxima temporada.

Os gols da partida foram marcados por Ramsey e Podolski, na segunda metade do primeiro tempo. Podolski, mais uma vez, nos minutos iniciais da segunda etapa, fechou o placar.

O triunfo levou os Gunners a 70 pontos, um a menos que o Manchester City, terceiro colocado – com dois jogos a menos. A vantagem para o Everton, primeiro time fora do G-4, é de quatro pontos, mas pode voltar a ser de apenas um até o final da rodada.

AFP
O galês Alf Ramsey marcou o primeiro. Foto: Lindsey Parnaby
O Hull City, por sua vez, vai continuar na briga contra o rebaixamento. A equipe é a 14ª colocada, com 36 pontos, apenas seis a mais que o Cardiff City. A vantagem do Hull é o fato de ter uma partida a menos, a ser realizada no próximo dia 6 de maio, contra o Manchester United, fora de casa.

Na próxima rodada, o Arsenal, que chegou a liderar a competição, tenta emplacar seu terceiro triunfo seguido contra o Newcastle, em casa.

O Hull City visita o Fulham, em confronto direto contra a degola. Os próximos adversários do Hull têm 30 pontos e estão na zona do descenso, em 19º lugar.

O jogo - Sem se importar com o fato de jogar na casa do adversário, o Arsenal começou melhor a partida, impondo seu ritmo e, aos poucos, criando uma pressão sobre o time da casa, que se defendia bem no início.

A defesa só seria penetrada aos 31 minutos do primeiro tempo. Após boa triangulação, Cazorla encontrou Ramsey na área e o galês mandou para as redes com um leve toque na saída do goleiro.

O lance de maior perigo dos donos da casa no primeiro tempo – e na partida –foi uma bola na trave acertada por Livermore, aos 34 minutos, em um dos únicos momentos de fragilidade do Arsenal no jogo.

Quando o jogo se encaminhava para o intervalo, Ramsey trabalhou de garçom, servindo o alemão Podolski, que completou com categoria para as redes e ampliou a vantagem dos visitantes.

Na volta para o segundo tempo, os Gunners continuaram melhores na partida. Sem sofrerem atrás, tiveram calma para trabalhar mais uma jogada de ataque. Após cruzamento de Cazorla, Ramsey concluiu e Harper fez boa defesa. Podolski, no rebote, não perdoou.

O único motivo de a vitória não se tornar uma goleada foi o azar. Giroud aproveitou falha do goleiro Harper na saída de bola e teve a chance de marcar o quarto, mas viu seu chute de carrinho explodir no travessão.

Sem correr riscos, o Arsenal garantiu o bom resultado fora de casa e segue firme na luta por um lugar na Liga dos Campeões, mas sem chances de conquistar o título.

AFP
Lucas Podolski marcou mais dois e garantiu o triunfo tranquilo para o Arsenal contra o Hull City. Foto: Lindsey Parnaby

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade