Futebol - ( )

Gil espera defesa do Corinthians novamente segura no Brasileiro

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Equipe menos vazada de boa parte das competições que disputou nos últimos anos, o Corinthians não teve um desempenho defensivo satisfatório no Campeonato Paulista. Houve evolução nas rodadas finais, mas os 19 gols sofridos em 15 partidas não agradaram e contribuíram para a eliminação ainda na primeira fase.

Com quase um mês de preparação para o Campeonato Brasileiro, a expectativa é que o time recupere um pouco da solidez na marcação que vinha sendo sua marca. Assim espera o zagueiro Gil, já cansado da rotina de treinamentos desde o último jogo oficial, em 23 de março.

“É ruim por um lado, mas deu para fazer algumas coisas que a gente não conseguia enquanto estava competindo. Já estamos com vontade de entrar em campo valendo três pontos”, disse o beque, que satisfará esse desejo no domingo, em Uberlândia, contra o Atlético-MG.

Divulgação/Agência Corinthians
Gil e seus colegas estão se esforçando por um Brasileiro melhor do que foi o Paulista (foto: Rodrigo Coca)
Em entrevista concedida na semana passada, Mano Menezes já havia demonstrado satisfação com a melhora defensiva do Corinthians durante a parada forçada. Na tentativa de soltar o ataque, estéril no fim da era Tite, o treinador acabou abrindo bastante a defesa no início do ano.

Não ajudou a presença de laterais ofensivos na maior parte do Estadual – Alessandro se aposentou, e Fábio Santos só voltou de contusão no final da disputa – nem a insistência com Felipe, que falhou seguidamente. Quando Cleber passou a formar dupla com Gil, aumentou a segurança.

Da despedida do Paulista para cá, não faltou tempo para um melhor ajuste no posicionamento e para um entrosamento maior de atletas que não atuavam juntos no ano passado. "Não é bem consertar. É que estava tendo uma reformulação. É claro que a gente não queria ter sofrido tantos gols, mas agora estamos mais bem acertados”, avaliou Gil.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade