Futebol/Libertadores da América - ( - Atualizado )

Grêmio busca classificação antecipada contra o Atlético Nacional

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Após perder o Gre-Nal do último domingo, pela primeira partida da final do Campeonato Gaúcho, o Grêmio pode dar a volta por cima já às 22 horas (de Brasília) desta quarta-feira. Em Medellín, o Tricolor enfrenta o Atlético Nacional e pode até garantir a classificação antecipada para as oitavas de final da Libertadores. Isso acontecerá caso a equipe derrote o atual campeão colombiano no Estádio Atanásio Girardot.

O técnico Enderson Moreira atribuiu a derrota para o Internacional ao cansaço de um time que tem enfrentado decisões tanto no estadual quanto pela Libertadores. A longa viagem de 11 horas entre Porto Alegre e Medellín, feita na última segunda-feira, não colabora para o descanso dos atletas, mas o treinador pede foco total na partida contra o Atlético Nacional.

“Temos que virar a chave e pensar no duelo em Medellín. Vamos tomar essa derrota como lição. O grupo é maduro e vai saber lidar com isso”, afirmou Enderson, após a derrota por 2 a 1 no clássico, que obriga o Tricolor a vencer por dois gols de diferença no jogo de volta, dia 13, no Beira-Rio, para ficar com o título gaúcho da temporada.

Lucas Uebel/GFBPA
Treinador teme pela integridade física dos gremistas, mas cobra jogadores atentos nesta quarta-feira
Na Libertadores, porém, a situação é menos dramática: seja qual for o resultado do jogo desta quarta, o Grêmio entra na última rodada dependendo apenas de si para se classificar. Vice-líder do Grupo 6, o Tricolor garante sua vaga nas oitavas se vencer a partida em Medellín. Caso empate, só fica de fora se Newell’s e Atlético Nacional empatarem e o Nacional do Uruguai golear o Tricolor Gaúcho por 6 a 0 na Arena. Mesmo se perder e cair para o 3º lugar, ao time gremista basta derrotar o time reserva uruguaio em Porto Alegre para não depender de nenhum resultado paralelo.

Apesar da derrota para o Inter, Enderson Moreira deve manter o mesmo time do Gre-Nal. A formação tem Luan e Dudu encostando em Barcos na frente. Esta escalação vinha invicta até o jogo de domingo e foi a que teve atuação satisfatória no empate em 1 a 1 com o Newell’s Old Boys, em Rosário. O desfalque é o meia Zé Roberto, que está lesionado e só retorna na segunda quinzena de abril.

O Atlético Nacional, atual campeão e líder do Campeonato Colombiano, também atuou com força praticamente máxima no domingo, no empate em 2 a 2 com o Santa Fé, embora a Libertadores seja a prioridade. Apenas três titulares foram poupados: o goleiro Martínez, o zagueiro Murillo e o meia Cardona, grande destaque da equipe.

Lucas Uebel/GFBPA
No dia 25 de fevereiro, último embate entre os times, o Grêmio bateu o Atlético Nacional por 3 a 0
A vitória por 1 a 0 sobre o Nacional do Uruguai em Montevidéu recolocou os colombianos na briga. A expectativa é de vencer o Grêmio para chegar à última rodada precisando de apenas um empate em Rosário com o Newell’s para sacramentar a classificação. Caso não vença o Grêmio, só uma vitória na Argentina classificará os colombianos adiante. A tendência é que o Atanásio Girardot, estádio que viu os dois clubes decidirem a Libertadores de 1995 (o Grêmio sagrou-se campeão), receba público superior a 40 mil pessoas.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO NACIONAL X GRÊMIO

Local: Estádio Atanásio Girardot, em Medellín, na Colômbia
Data: 2 de abril de 2014, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Enrique Cáceres (Paraguai)
Assistentes: Carlos Cáceres e Juan Zorrilla (ambos paraguaios)

ATLÉTICO NACIONAL: Martínez; Bocanegra, Medina e Murillo; Mejía, Valencia, Díaz e Cardona; Berrío, Ángel e Cárdenas
Técnico: Juan Carlos Osorio

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Rhodolfo e Wendell; Edinho, Ramiro e Riveros; Luan, Barcos e Dudu
Técnico: Enderson Moreira

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade