Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Grêmio decepciona e perde para o Atlético-PR na estreia do Brasileiro

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

O Grêmio passou a semana inteira falando em mudar a atitude em relação à derrota na final do Gauchão, mas voltou a decepcionar. Neste domingo, com várias improvisações em sua defesa, o Tricolor foi derrotado pelo jovem time do Atlético-PR, em sua estreia no Campeonato Brasileiro, por 1 a 0. O gol foi marcado pelo zagueiro Dráusio, aos 15 minutos de jogo.

Com maioria de torcida em Florianópolis, o Grêmio tomou a iniciativa das ações no primeiro tempo e criou mais oportunidades para marcar, mas o Atlético-PR aproveitou as falhas da desentrosada defesa gaúcha e largou em vantagem. Na etapa final, o time gaúcho partiu com tudo para cima, mas faltou qualidade para definir as jogadas. Assim, o Furacão conseguiu segurar a vantagem mínima.

O Tricolor agora volta suas atenções para a Libertadores, onde na quarta-feira enfrenta o San Lorenzo, em Buenos Aires, no jogo de ida das oitavas de final. Pelo Brasileirão, a equipe gaúcha receberá o Atlético-MG, domingo, na Arena. O Atlético-PR volta a campo no domingo, quando visitará o Vitória, em Salvador.

Divulgação/Atlético-PR
O Atlético-PR venceu o Grêmio por 1 a 0 na estreia das equipes no Campeonato Brasileiro (Foto: Gustavo Oliveira)

O jogo – À exceção do lateral direito Pará, o Grêmio entrou em campo com sua defesa reserva. Werley, Rhodolfo e Wendell foram poupados e Marcelo Grohe sentiu um desconforto muscular no aquecimento. Como o Tricolor tem jogo importante pela Libertadores na próxima quarta, por garantia, Busatto foi o titular em Florianópolis.

As primeiras chances foram gremistas. Aos cinco minutos, Dudu cruzou da esquerda para a chegada de Zé Roberto como elemento-surpresa. O cabeceio foi bem defendido pelo goleiro Santos. Na jogada seguinte, o mesmo Zé tentou pegar o goleiro adiantado e quase marcou por cobertura.

Mesmo assim, o Atlético-PR é quem abriu o placar na bola parada. Aos 15 minutos, Marcos Guilherme cobrou falta na área, Dráusio ganhou da zaga por baixo e abriu o placar. Três minutos depois, Santos evitou duas chegadas consecutivas do time gaúcho. Aos 25, Ramiro bateu de longe, a bola desviou na zaga e saiu com perigo por cima. Três minutos depois, o goleiro Busatto pegou um cruzamento, mas soltou a bola nos pés de Ederson, mas Geromel salvou o Grêmio.

Aos 41, o time gaúcho perdeu grande chance: Dudu fez grande jogada pela esquerda e achou Riveros livre na área, mas o paraguaio chutou para fora. No minuto seguinte, Pará cruzou no segundo pau, Barcos ganhou de Dráusio pelo alto e cabeceou para defesa de Santos. Aos 45, quase o castigo: a insegura defesa gremista saiu jogando errado, Marcos Guilherme aproveitou e Marcelo quase fez o segundo.

O Grêmio voltou com força para o segundo tempo, buscando a reversão do placar. Aos quatro minutos, Barcos recebeu na área e recuou para um chute por cima de Pará. Aos 10, o Pirata recebeu de Zé Roberto na área e chutou para fora. Dois minutos depois, Breno cruzou e Riveros perdeu grande chance, com nova defesa de Santos. Aos 14, foi Barcos quem perdeu ótima oportunidade para empatar, cabeceando à esquerda do gol.

Na sequência, Enderson Moreira abriu o time, tirando Bressan e colocando o estreante Rodriguinho, repassando Edinho para a zaga. Aos 16, o Atlético-PR chegou pela primeira vez na etapa final: Natanael bateu falta fechado e quase surpreendeu Busatto, que fez boa defesa. Aos 20, Ederson quase marcou em contragolpe perigoso do time curitibano. Os minutos seguintes foram de pressão gremista, mas o Furacão conseguiu se segurar. Na melhor das chances, Ramiro chutou forte e a bola passou com perigo por todo mundo.

Com o atacante Everton no lugar do lateral Pará, o Tricolor partiu pro tudo ou nada nos 15 minutos finais. Porém, a equipe gaúcha teve dificuldades em chegar na área nos minutos derradeiros. Aos 47, a última chance: a zaga atleticana falhou, Barcos recuperou e tentou servir Dudu, mas o goleiro Santos ficou com a bola e impediu o empate.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade