Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Guia da Série B: confira como cada equipe inicia a luta pelo acesso

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

A Série B do Campeonato Brasileiro começa nesta sexta-feira, e promete ser bastante equilibrada. Enquanto o Vasco desponta como o principal favorito ao título e acesso à primeira divisão, a briga pelo G-4 promete ganhar variados candidatos ao longo da competição. Rebaixado no ano passado, o Náutico tenta apagar a má campanha de 2013, assim como a Ponte Preta e a Portuguesa, que também amargaram o descenso à segunda divisão.

Os quatro recém-rebaixados, no entanto, não dão os únicos favoritos ao acesso. Os tradicionais América-MG, Avaí e Santa Cruz prometem entrar nesta briga, assim como outros clubes que vêm batendo na trave em edições anteriores, como o Joinville. Por outro lado, algumas equipes iniciam a competição com a missão de apenas permanecer na Série B nacional.

Confira o panorama de cada equipe que disputará a Série B:

ABC - O alvinegro potiguar fez uma campanha muito ruim no Estadual. O técnico Zé Teodoro foi mantido no cargo, mas o elenco passou por uma reformulação, recebendo alguns reforços. Entre os destaques estão o veterano atacante Dênis Marques, dispensado pelo Santa Cruz, e o volante Renan Silva, de 30 anos, que estava no Macaé. O experiente Daniel Paulista acabou sendo dispensado após a disputa do Potiguar, medida que causou surpresa, já que o jogador era considerado o líder do Mais Querido dentro de campo.

AMÉRICA-MG - O Coelho promete entrar forte no Brasileiro. Depois de Pablo, Mancini, Júnior Negão, Diney e André, o clube contratou o volante Thiago Santos, destaque do Linense, no Campeonato Paulista. O técnico Moacir Júnior conta com um grupo experiente onde se destaca o volante Leandro Guerreiro, ex-Botafogo e Cruzeiro, e o atacante Obina, que defendeu diversos clubes no Brasil e no exterior. Semifinalista no Mineiro, espera voltar à elite nacional após quatro anos. Além disso, também disputará a Copa do Brasil na temporada.

Divulgação
O meia Mancini é uma das apostas do América-MG para lutar pelo acesso à elite do futebol brasileiro em 2014
AMÉRICA-RN - A equipe rubra também vai entrar no Campeonato Brasileiro dividida em duas frentes, uma vez que está decidindo o título potiguar. O técnico Oliveira Canindé acredita que isso não vai atrapalhar o rendimento da equipe que contratou recentemente o goleiro Fernando Henrique, revelado pelo Fluminense, e que estava defendendo o Ceará. O atacante Rodrigo Pimpão, ex-Vasco, é um dos destaques do elenco do Dragão.

ATLÉTICO-GO - O título goiano obtido nos acréscimos da partida decisiva contra o Goiás aumentou a motivação do rubro-negro para a disputa da Segundona. O técnico Marcelo Martelotte, que conseguiu superar diversas crises, ganhou mais força com o título alcançado diante do maior rival. O comandante conta com a experiência de jogadores como o goleiro Márcio e o meia Thiago Feltri para ir bem longe no Brasileiro.

AVAÍ - Depois de escapar do rebaixamento no Campeonato Catarinense, o Avaí espera realizar uma campanha melhor no Brasileiro. A diretoria está tentando renovar o contrato do meia Marquinhos, ídolo da torcida, e contratar reforços pedidos pelo técnico Pingo. O treinador se destacou no futebol como volante do Botafogo e Flamengo e que vem recebendo muitos elogios no início da nova carreira. Outro experiente do elenco é o meia Cléber Santana.

Jamira Furlani/AVAÍ F.C.
A dupla Marquinhos e Cléber Santana aumenta as esperanças do torcedor do Avaí com relação à Segundona
BOA ESPORTE - O atacante Luiz Eduardo, artilheiro da Caldense no último Campeonato Mineiro, é o último grande reforço do Boa Esporte. O clube de Varginha reformulou o elenco e contratou jogadores experientes, como o meia Francismar e o atacante Fernando Caranga. Além disso, também acertou a volta do técnico Nedo Xavier que substituiu Ney da Matta depois de ver o seu antecessor cair nas semifinais do Estadual.

BRAGANTINO - O time de Bragança Paulista começou bem a disputa da Copa do Brasil e o técnico Marcelo Veiga confia em bom rendimento do grupo no Brasileiro. O goleiro Rafael Defendi fraturou o dedo, mas Leandro Campos que o substituiu contra o Lajeadense, mostrou que a torcida do Massa Bruta pode ficar tranquila. O zagueiro Alex Moraes foi contratado para dar mais consistência ao setor, destaque da equipe na campanha pelo Campeonato Paulista, quando foi eliminado pelo Palmeiras nas quartas de final.

CEARÁ - O Alvinegro ainda está decidindo o título estadual com o Fortaleza, mas o técnico Sérgio Soares acredita que o time, vice-campeão da Copa do Nordeste em 2014, é experiente o suficiente para encarar o início do Brasileiro da série B. O comandante acredita que jogadores experientes, como o artilheiro Magno Alves e volante João Marcos, serão muito importantes para deixar o elenco ligado nas duas competições. O Vozão, aliás, ganha um reforço importante para a competição: a Arena Castelão, que vem sendo lotada por sua torcida em jogos decisivos.

Divulgação/Ceará S.C.
Souza tem a missão de liderar o Vozão, que jogará ao lado de sua torcida no Castelão (Crédito: Christian Alekson)
ICASA - Enquanto se envolve em briga na Justiça, alimentando a esperança de disputar a elite nacional, o Verdão do Cariri continua se preparando para encarar a realidade da Série B. Todos acreditam no trabalho do técnico Tarcísio Pugliese, que realizou bons trabalhos em outros clubes de menor expressão. Depois de bater na trave e ficar com o quinto colocado na última competição nacional, o objetivo do Icasa é garantir o acesso à primeira divisão.

JOINVILLE - Vice-campeão estadual, o time dirigido por Hemerson Maria espera confirmar a boa fase. O treinador acredita que o elenco tricolor tem condições de fazer um excelente campeonato, conquistando assim o acesso à elite do futebol brasileiro. O time catarinense, aliás, bateu na trave nas últimas edições. Para o início da Série B, o Coelho perdeu o volante Juliano, por lesão, mas acredita que o grupo é muito forte para alcançar o principal objetivo. O lateral Welington Saci e o atacante Jael são os destaques da equipe.

LUVERDENSE - Estreante na série B, o Luverdense reforçou sua equipe, depois de perder o título matogrossense para o Cuiabá. A principal contratação é o atacante Reinaldo, que teve passagens marcantes em vários grandes clubes do futebol brasileiro como Flamengo, Botafogo, Santos e São Paulo. Para fazer dupla com Reinaldo no ataque, a diretoria trouxe Lê, jogador com passagens de destaque na Chapecoense e Atlético Paranaense. Na atual temporada, disputou o Gauchão pelo Veranópolis.

Divulgação
Bem estruturado, o Luverdense segue no embalo para surpreender mais uma vez e brigar pelo acesso à elite
NÁUTICO - Ainda envolvido na disputa do título pernambucano, o Timbu não pretende repetir a campanha do ano passado, quando foi rebaixado para a segunda divisão com algumas rodadas de antecedência. O técnico Lisca está muito motivado para disputar seu primeiro Brasileiro da Série B e acredita que a equipe dos Aflitos tem condições de chegar entre os quatro clubes que subirão. Um possível título pernambucano pode dar ainda mais ânimo para a competição nacional.

OESTE - Depois do fracasso no Campeonato Paulista, quando foi rebaixada para a segunda divisão, a direção da equipe de Itápolis decidiu reformular o elenco. Dispensou 11 jogadores, inclusive o goleiro Fernando Leal, o atacante Sassá e a "promessa" Jean Chera, que não emplacou na equipe. Os zagueiros César Gaúcho e Henrique Mattos, que disputaram o Estadual pelo Botafogo de Ribeirão Preto, devem formar a zaga titular. A expectativa, no entanto, é lutar para permanecer na segunda divisão.

PARANÁ - O Paraná perdeu o técnico Ricardo Drubscky na véspera da competição. O comandante dirigiu o time curitibano em apenas uma partida e logo aceitou uma proposta do Goiás. O assistente Luciano Gusso vai comandar o time, enquanto outro profissional não é contratado. Em relação a reforços, a diretoria acertou o retorno do zagueiro Gustavo, titular da equipe campeã paranaense de 2006. Experiente, o defensor, de 32 anos, já defendeu Palmeiras, Cruzeiro, Botafogo, Portuguesa e Vasco, além de clubes da Itália e da China.

Divulgação/Paraná
Depois de perder o Goiano, Claudinei Oliveira foi contratado pelo Paraná Clube para a disputa da Série B
PONTE PRETA - O time de Campinas mudou o comando técnico para começar o Brasileiro. Saiu o experiente Vadão e entrou o jovem pernambucano Dado Cavalcanti, que fez ótimo trabalho no Mogi, mas não conseguiu emplacar no Paraná e no Coritiba. A equipe sofreu algumas modificações em relação ao grupo que disputou o Paulistão, como a saída de Ferrugem para o Corinthians. O volante Adilson Goiano e o lateral Daniel Borges são algumas das caras novas da equipe do Moisés Lucarelli.

PORTUGUESA - Depois de batalhar muito na Justiça para garantir um lugar na Série A, a Lusa do Canindé parece conformada em disputar a segunda divisão. E o treinador Argel Fucks conta com um elenco numeroso, apesar de ser muito diferente com relação ao que disputou a elite nacional no ano passado. O meia Rondinely, revelado pelo Grêmio, o goleiro Gledson que se destacou em vários clubes, e o experiente zagueiro Valdomiro são os destaques do time rubro-verde, que já foi eliminado da Copa do Brasil e pode se dedicar integralmente ao Brasileirão.

SAMPAIO CORRÊA - Campeão maranhense, o Sampaio chega à Série B com muita motivação. O lateral-direito Gabriel Cassimiro, que disputou o último Campeonato Carioca pelo Resende, é a última contratação da equipe "boliviana". O clube aposta na segurança do goleiro Luis Muller, contratado ao Brasil de Pelotas, e considerado o melhor goleiro do Campeonato Gaúcho. O técnico Flávio Araújo não sabe se poderá contar com todos os novatos na primeira rodada e deve usar a base que bateu o Moto na decisão estadual.

Dilvugação/Santa Cruz
Campeão da Série C, Vica permanece no comando do Santa para buscar a vaga na Série A (Crédito: Jamil Gomes)
SANTA CRUZ - Campeão Brasileiro da Série C, o Tricolor do Arruda ainda não se recuperou emocionalmente da derrota para o Sport nas semifinais do Campeonato Pernambucano, quando foi eliminado nos pênaltis. O técnico Vica, porém, foi mantido no cargo e agora quer o time de cabeça levantada na competição nacional. Para brigar pelo acesso, o comandante coral conta com a segurança do goleiro Thiago Cardoso e com o oportunismo do atacante Léo Gamalho, transformando a decepção regional em sucesso no Brasileiro.

VASCO - Ainda abalado por ter perdido o título carioca para o Flamengo com um gol considerado irregular, o Vasco vai disputar o Brasileiro da série B com o mesmo elenco que esteve em ação durante o Campeonato Carioca. O técnico Adilson Batista foi mantido e o treinador acredita que o entrosamento alcançado pela equipe durante a competição estadual será um ponto importante a favor do time no torneio nacional. O atacante Edmilson, artilheiro do Cariocão e a jovem promessa Thales são os principais candidatos a destaque da equipe.

VILA NOVA-GO - Depois de realizar a pior campanha da sua história no Campeonato Goiano e ser rebaixado para a segunda divisão estadual, o Vila contratou o técnico Sidney Moraes e 16 jogadores. O meia Almir que estava no Bangu e o atacante Thiago Furlan que disputou o certame cearense pelo Guarany de Sobral foram os últimos a acertar com o clube. A reformulação tenta dar nova cara a um time que decepcionou bastante o seu torcedor.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade