Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( )

Icasa esquece tribunal e segura empate com a Ponte na estreia

Campinas (SP)

Se a batalha na Justiça comum não terminou favorável, o Icasa não demorou a se esquecer da decisão do tribunal e começou a Série B do Campeonato Brasileiro de forma positiva. O time cearense visitou a Ponte Preta nesta sexta-feira, pela abertura da competição nacional, e garantiu um empate em 1 a 1, depois de chegar a inaugurar o marcador no Estádio Moisés Lucarelli.

Para mostrar que não estava abalado por ter perdido a disputa na Justiça, sendo obrigado a disputar a segunda divisão nacional, o Icasa surpreendeu a equipe campineira no primeiro tempo, quando Felipe Klein abriu o placar. Já no segundo tempo, o atacante Edno, de pênalti, igualou para a Ponte Preta e definiu o primeiro resultado das duas equipes na Série B.

Agora, em busca da primeira vitória na competição, os dois times voltam a campo apenas no outro final de semana. Na próxima sexta-feira, o Icasa faz seu primeiro compromisso em casa, às 19h30 (de Brasília), contra o Sampaio Corrêa. No dia seguinte, a Ponte Preta visita o Atlético-GO, no Estádio Serra Dourada.

O jogo - No embalo de sua torcida, que apesar de não comparecer em ótimo número de Estádio Moisés Lucarelli se mostrava muito animada, a Ponte Preta pressionava o Icasa desde os minutos inicias. Edno chegou com perigo aos 11, enquanto Alexandro quase marcou aos 22, depois de completar o cruzamento de Magal.

Arte GE.Net
O Icasa ainda não tinha atacado na partida, mas se mostrou muito eficiente quando chegou pela primeira vez ao campo ofensivo. Aos 32 minutos do primeiro tempo, o time cearense mandou a bola para a área, a zaga da Ponte não conseguiu afastar e o rebote ficou com Felipe Klein, que completou de bico, enganou o goleiro Roberto para colocar o Verdão do Cariri em vantagem.

O gol abalou o time campineiro, que sofria com a falta de criatividade para furar o bloqueio cearense. Com o domínio do meio de campo, a Ponte se limitava a trocar passes no meio de campo, mas não chegava de forma efetiva ao ataque, deixando a partida monótona até o intervalo.

A torcida da Macaca, porém, seguiu acreditando na equipe, e viu uma postura bem diferente no início do segundo tempo. Com um ímpeto mais ofensivo, a Ponte passou a pressionar o Icasa com mais intensidade, e foi agraciada com a marcação de um pênalti a seu favor aos nove minutos da etapa complementar.

Em jogada individual, Edno encarou a marcação de Preto Costa, conseguiu passar pelo zagueiro, mas foi derrubado na sequência. Sem dúvida, o árbitro indicou o pênalti e ainda aplicou o cartão amarelo para o marcador do Icasa. Na cobrança, o próprio Edno foi o responsável por encher o pé e deixar tudo igual no marcador.

Embalada com o empate, a Ponte seguiu no campo de ataque nos minutos finais, apesar da falta de organização. Os dois treinadores ainda tentaram modificar suas respectivas equipes, mas nada foi feito no Moisés Lucarelli. Os dois times começavam a saga na Série B com um empate em 1 a 1.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade