Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Jogadores do Vasco não se surpreendem com nível da Série B

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

O Vasco estreou na Série B do Campeonato Brasileiro empatando por 1 a 1 com o América-MG, em casa. O jogo foi muito disputado e o Cruz-Maltino perdeu dois pontos muito preciosos atuando diante de seus torcedores. As dificuldades encontradas deixam visíveis que a tarefa de subir de divisão pode não ser tão tranquila como alguns vascaínos esperavam. Porém, em São Januário, o nível de competitividade da competição, que apresentou algumas "zebras" em seus primeiros jogos, não chega a surpreender.

"Nós sempre soubemos que a Série B seria desta maneira, muito disputada e com jogos pegados. Portanto, não esperamos nenhum tipo de facilidade e, portanto, não houve surpresa com as dificuldades que sentimos contra o América mineiro. O importante é encararmos cada partida com a seriedade que ela pede, ou seja, como uma grande decisão. O Vasco tem plenas condições de garantir o acesso para a elite do futebol nacional, mas com certeza não vai encontrar facilidades na busca por esse objetivo", disse o zagueiro Rafael Vaz.

O lateral direito André Rocha faz coro ao discurso do companheiro. Para eles os problemas encontrados diante do América-MG também serão vistos na partida deste sábado, às 16h20(de Brasília), contra o Luverdense na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT), pela segunda rodada da Série B. "Nossa expectativa será mais um jogo complicado contra o Luverdense, a exemplo do que aconteceu contra o América mineiro. Nós estamos jogando uma competição onde empenho e determinação são as principais armas da maioria dos times e isso torna qualquer partida uma verdadeira batalha, no bom sentido da palavra. O respeito ao adversário sempre vai existir da nossa parte e por isso mesmo não estamos surpreendidos com o nível de competitividade da competição", disse André.

Marcelo Sadio/vasco.com.br
Após empate contra América-MG, atletas do Vasco afirmam que não esperam jogos fáceis na Série B

Para tentar melhorar o desempenho do time contra o Luverdense, o técnico Adilson Batista poderá promover alguma modificação. No treino que comandou na manhã desta quarta-feira, em São Januário, o treinador promoveu a entrada do meia colombiano Montoya na vaga do jovem Danilo, em uma clara tentativa de melhorar o poder de fogo da equipe. Durante a atividade o treinador cobrou muito de Montoya, exigindo que ele ocupasse espaços e não permitisse que o adversário saísse para o campo de ataque com liberdade.

Ainda é cedo para saber se Montoya vai ter mesmo uma oportunidade contra o Luverdense, mas pelo tempo que Adilson dedicou a ele na atividade mostra que o treinador tem planos para o colombiano, que entrou bem no decorrer do duelo com os mineiros. No coletivo desta quarta-feira Montoya marcou um dos gols na vitória de 3 a 0 dos titulares. Reginaldo e Fellipe Bastos também deixaram suas marcas.

Pelo que se viu no treino desta quarta-feira, o esboço de time para o duelo contra o Luverdense teria: Martin Silva, André Rocha, Luan, Rafael Vaz e Diego Renan; Aranda, Fellipe Bastos e Douglas; Montoya, Thalles e Reginaldo. Nesta quinta-feira os jogadores voltam a trabalhar em São Januário, só que na parte da tarde. Em seguida acontece a viagem para a capital do Mato Grosso.

Fora de campo o atacante Everton Costa, se recuperando de uma arritmia cardíaca, postou foto nesta quarta-feira em uma rede social onde aparece jogando vídeogame. O jogador será reavaliado somente daqui a seis meses para saber se poderá voltar a jogar.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade