Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Jornalista Maurício Noriega lança livro em homenagem a Oswaldo Brandão

São Paulo (SP)

Na noite desta segunda-feira, o jornalista e comentarista esportivo Maurício Noriega lança o livro Oswaldo Brandão – libertador corintiano, herói palmeirense, que revela as várias facetas de um personagem marcante do futebol brasileiro. Contando interessantes casos da carreira do ilustre técnico, a obra se concentra nas passagens de Brandão por Corinthians e Palmeiras. Mas, segundo o próprio autor, não se limita a apenas isso.

“Foi mais do que isso. Brandão foi campeão na Argentina, no Uruguai, com o São Paulo, trabalhou no Santos, o Cruzeiro o considera campeão mineiro também, nos anos 80. A questão é que o Brandão encarnou como ninguém os espíritos e as almas de Corinthians e Palmeiras”, explica Maurício Noriega em entrevista exclusiva à GazetaEsportiva.Net.

Divulgação
Histórico do técnico à frente de Timão e Verdão rendeu status de ídolo nos dois rivais

Por meio de pesquisas e entrevistas com familiares e amigos em três países, o autor teve acesso a histórias de bastidores do lendário treinador. Analisando os mais de 40 anos de carreira de Brandão, Noriega reconhece que é muito difícil escolher um único episódio marcante na trajetória do técnico e lista várias passagens interessantes.

“Todas as histórias envolvendo vestiário, relação com atletas, dirigentes e o lado humano são fantásticos. Ele lançou na Seleção Brasileira jogadores como Rivellino, Falcão, Zico, Dinamite. Sem contar a década de 70, a Academia palmeirense, o título de 77 do Corinthians, a saída da Seleção Brasileira no mesmo ano, que envolve até o governo militar”, lembra o escritor à GE.Net.

Segundo Noriega, unir todos esses capítulos em uma obra demandou anos de pesquisa e um trabalho meticuloso de apuração. “Comecei a trabalhar no livro em 2007. O processo envolveu pesquisas, entrevistas, contatos com familiares. Procurei localizar primeiro pessoas que pudessem falar do Brandão como jogador e no início da carreira de treinador”, explica, esclarecendo a complexidade de analisar acontecimentos de décadas atrás.

“Muitas das histórias mais antigas foram difíceis de apurar. Algumas foram impossíveis de serem confirmadas, por falta de arquivo de entidades ou por não haver mais fontes confiáveis que estivessem vivas”, revela. “A pesquisa foi fundamental e procurei confirmar cada episódio com várias fontes para poder escrever”, completa o autor.

Em parceria com a Editora Contexto, Maurício Noriega lança o livro Oswaldo Brandão – libertador corintiano, herói palmeirense às 18h30 (de Brasília) desta segunda-feira. A noite de autógrafos será na Livraria Saraiva do Shopping Eldorado, em São Paulo. A obra tem 208 páginas e custa R$ 39,90.

Acervo/Gazeta Press
Entre 1947 e 77, treinador conquistou sete títulos no comando do Palmeiras e cinco à frente do Corinthians

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade