Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Júlio Baptista quer Raposa com espírito de decisão contra Garcilaso

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O Cruzeiro precisa fazer o dever de casa e vencer os peruanos do Real Garcilaso no Mineirão, nesta quarta-feira, se quiser seguir na Libertadores. O duelo tem sido encarado pelos jogadores e pela comissão técnica como uma verdadeira decisão, e é com este espírito que Júlio Baptista quer ver a Raposa em campo.

“É um momento de decisão que todo jogador quer ter. Temos um grande caminho para fazer. Não tem como fugir. O momento é agora e a atitude da nossa equipe será muito importante para demonstrar ao adversário que eles terão vida muito difícil. Só assim vamos conseguir nosso objetivo”, declarou.

Júlio Baptista acredita que além da parte técnica, o Cruzeiro terá que preparar o aspecto emocional para evitar qualquer tipo de surpresa dentro do Mineirão. “Às vezes o fator psicológico é mais importante que o físico. Vale descanso, até mental, para chegar em campo, poder evoluir e concluir o que a gente quer”, comentou.

Divulgação
Júlio Baptista é uma das esperanças de gol do Cruzeiro, que precisa vencer o Garcilaso. Foto: Washington Alves.
Questionado se o time celeste estará preocupado com o resultado do outro jogo do grupo 5, entre Defensor-URU e Universidad de Chile-CHI, o atleta foi enfático. Segundo ele, a Raposa precisa estar com o foco todo no Real Garcilaso e fazer seu papel dentro de campo, já que depende exclusivamente de suas forças para conquistar a vaga para a sequência da Libertadores.

“A gente não está preocupado com outro lado. A gente está preocupado com o que temos de fazer, ganhar e ganhar bem, sem desviar atenções. Dependemos só da gente e vamos procurar fazer um grande trabalho, que estaremos tranquilos”, garantiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade