Futebol/Campeonato Italiano - ( - Atualizado )

Juventus sofre pressão no final, mas segura triunfo por 2 a 0 sobre Udinese

Údine (Itália)

Na tarde desta segunda-feira, no Stadio Communale Friuli, em Udine, a Juventus não tomou conhecimento da Udinese e mostrou novamente estar sobrando no Campeonato Italiano. Em duelo válido pela 33ª rodada, a Velha Senhora foi superior durante toda a partida e, apesar da pressão do adversário nos minutos finais, conseguiu venceu por 2 a 0 com gols de Giovinco e Llorente.

Com mais este triunfo, a Juve chega a 84 pontos e mantém distância na liderança do Nacional. Com oito pontos a mais que a segunda colocada Roma, a equipe de Turim agora está a três triunfos do título italiano. Na próxima rodada, a luta pela conquista da taça de forma antecipada segue em casa contra o Bologna, que briga contra o rebaixamento.

Com objetivo bem mais modesto na temporada, a Udinese estaciona nos 38 pontos e fica na 14ª colocação. O time está mais perto da zona de descenso (13 pontos) do que da quinta posição, posto que rende lugar na Liga Europa da próxima temporada (15 pontos). Para acabar de vez com a pequena chance de cair para a segunda divisão italiana, a equipe Zebrette encara o Napoli novamente em casa na próxima rodada.

O jogo - O primeiro gol dos visitantes saiu ainda aos 16 minutos da primeira etapa. Após receber bola na ponta direita, Giovinco aproveitou a frouxidão da marcação de Domizzi para se infiltrar, ajeitar para o pé esquerdo e bater cruzado com consciência, colocando a Juve à frente do marcador.

AFP
Giovinco marcou ainda no começo do duelo e abriu caminho para vitória da Velha Senhora (foto: Simone Ferraro)
Mesmo com a vantagem, a líder do Campeonato Italiano não arrefeceu a pressão e conseguiu fazer o segundo dez minutos depois. Em escanteio cobrado baixo por Pirlo, Llorente aproveitou a indecisão da defesa adversária após sobra de bola dentro da área e, bem posicionado, só teve o trabalho de empurrar para o gol.

Com vantagem considerável ainda no primeiro terço da partida, a Juventus se deu ao luxo de cadenciar o ritmo da partida. Apostando nas investida pelas pontas, o time visitante quase ampliou em boas chances com Llorente e Pogba, mas teve sua melhor oportunidade nos pés de Giovinco, na segunta etapa. Aos 24 minutos, o camisa 12 fez o que quis dentro da área da Udinese e bateu cruzado de direita para acertar a trave.

Nos minutos finais, Domizzi escapou em velocidade às costas de Cáceres e teve a chance de diminuir a vantagem dos visitantes, mas desperdiçou o gol ao bater de canhota para fora. O zagueiro brasileiro Danilo também teve oportunidade dentro da área e isolou. O atacante Muriel foi quem chegou mais perto, mas bateu mascado e acertou a trave esquerda de Buffon. Apesar da pressão no final, a Juventus assegurou o resultado.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade