Futebol Internacional/Mercado - ( - Atualizado )

Klopp substituirá Martino no comando do Barcelona, garante jornal

Barcelona (Espanha)

Os resultados ruins na temporada, além da pressão da imprensa e da torcida, apontam que dificilmente Gerardo Martino continuará como técnico do Barcelona na próxima temporada. Segundo o jornal catalão Sport, o clube já até teria um substituto: Jürgen Klopp, técnico do Borussia Dortmund.

De acordo com a publicação, o elenco já foi avisado sobre a chegada do alemão. A decisão teria sido tomada logo após o revés diante do Granada, no último sábado. A escolha por Klopp se basearia em fatores motivacionais, já que o técnico é conhecido por seu modo carismático de lidar com o futebol, além de seu respeitável currículo. À frente do Dortmund há seis anos, o comandante já foi finalista da Liga dos Campeões e conquistou dois títulos do Alemão e um da Copa da Alemanha.

Outro fator que pesou foi a necessidade de investir em um treinador de renome. O clube catalão cogitava Luis Enrique, do Celta de Vigo, e Ernesto Valverde, atual comandante do Athletic Bilbao, que fizeram história no clube como jogadores, mas a falta de experiência de ambos em grandes equipes europeias acabou sendo levada em conta, principalmente pelo recente trabalho de Martino.

Montagem sobre foto AFP
De acordo com jornal catalão, Klopp foi escolhido como substituto de Gerardo Martino no Barça

Quem também acabou preterido foi Diego Simeone, que comanda o Atlético de Madri, grande sensação da temporada europeia, sendo líder do Espanhol e semifinalista da Liga dos Campeões. Os dirigentes, no entanto, descartaram o argentino por conta do estilo aguerrido e defensivo de seus atletas.

Barcelona faz mistério - Publicamente, o clube nega estar à procura de um novo treinador. No entanto, também evita garantir Martino no cargo para a próxima temporada. Quando perguntado sobre o argentino, o diretor de futebol, Andoni Zubizarreta, limitou-se a dizer que “está sob contrato e quer ficar. Dois anos atrás, Guardiola disse em maio que não iria continuar. Martino me garantiu seu total envolvimento”.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade