Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Lateral Edilson volta aos gramados após suspensão

Rio de Janeiro (RJ)

O Botafogo entra em campo pela primeira vez no Campeonato Brasileiro de 2014 neste domingo, no Morumbi, contra o São Paulo, às 16 horas (de Brasília). Com novo técnico e um reforço de peso que, embora não atue nesta partida, tem roubado as atenções, a Estrela Solitária vai em busca de uma forma de apagar o pífio começo de temporada.

O lateral direito Edilson, punido após expulsão na derrota para o Independiente Del Valle, volta de três jogos de suspensão. Há cerca de um mês sem atuar, será utilizado por Mancini neste domingo. O camisa 33 mostrou-se motivado para iniciar uma nova competição e ressaltou evolução na parte física e ânimo para ajudar a equipe.

"Fiquei três jogos sem atuar. A vontade de estar em campo foi muito grande durante esse tempo, mas também aproveitei esse período para aprimorar a parte física. Entramos num campeonato muito longo e acredito que tenho até um gás a mais para ajudar meus companheiros. Estou feliz por voltar e focado no Campeonato Brasileiro", disse o jogador.

Divulgação/Site Oficial
O lateral direito Edilson volta aos gramados neste domingo após cumprir três jogos de suspensão (Foto: Luciano Belford)

Ele também comentou sobre as pretensões do Alvinegro no Brasileirão. "Tratando-se das campanhas que o Botafogo tem feito, buscando as primeiras colocações, almejamos o título. Ainda é cedo, nosso grupo está se formando e temos que nos adequar à chegada do Mancini".

Sobre os resultados recentes, o lateral não se esquivou. "O grupo todo tem que assumir a responsabilidade e acredito que aprendemos com os resultados negativos. Teremos um ânimo bem melhor para o jogo de domingo. Eu sempre falo que toda a responsabilidade de bons ou maus resultados não é só de um, mas do grupo todo. O mais importante é tentar somar pontos fora de casa e fazer nosso dever. Isso nos deu uma boa condição no ano passado e nos proporcionou uma boa colocação na competição", explicou.

Além disso, o atleta falou a respeito da chegada de Emerson Sheik ao time carioca. "O Emerson não precisa de comentários sobre seu nível técnico. Todos ficamos muito felizes com a chegada dele e eu mais ainda, já que ele foi para o meu time no rachão e até fez gol", finalizou com bom humor.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade