Futebol/Copa do Brasil - ( )

Léo se considera vitorioso com retorno em empate sem gols do Santos

Cuiabá (MT)

Um jogador do Santos deixou a Arena Pantanal com sentimento de vitória após o empate sem gols com o Mixto, na noite desta quarta-feira. Para o veterano Léo, a alegria de voltar a estar em campo após cerca de cinco meses inatividade superou a frustração do resultado.

“Estou feliz”, declarou Léo, antes de fazer uma ressalva em relação à igualdade. “Está longe de ser o placar que buscávamos. Até sofremos uma pressãozinha no final, com erros de passes, o que não é normal. Mas fico muito feliz com a minha volta, por ajudar os meus companheiros. Essa é a maior vitória para mim”, definiu.

Léo começou a partida com o Mixto no banco de reservas. Lá, recebeu os cumprimentos efusivos do volante Paulo Almeida, com quem foi campeão brasileiro pelo Santos e que hoje defende o time mato-grossense. Aos 27 minutos do segundo tempo, ele foi aplaudido também pelo público presente na Arena Pantanal, ao substituir o meio-campista Alison.

Ricardo Saibun/Santos FC
Mena novamente ocupou a vaga que já foi de Léo na lateral esquerda do Santos
Aos 38 anos, Léo não jogava uma partida oficial desde 6 de outubro do ano passado, quando o Santos perdeu por 3 a 0 para a Portuguesa, no Canindé. Na ocasião, ele sofreu uma pancada no joelho direito, o que o obrigou a passar por uma cirurgia no menisco.

Com contrato com o Santos válido até 30 de abril, Léo ainda vislumbra a renovação do vínculo até o final do ano, antes de uma partida de despedida pela equipe que o consagrou. O veterano lateral esquerdo, agora meio-campista, foi elogiado pelo técnico Oswaldo de Oliveira depois de enfrentar o Mixto.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade