Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( )

Lisca deixa Brasileiro em segundo plano e foca no Estadual

Recife (PE)

O Náutico tem suas atenções voltadas para a partida decisiva do Campeonato Pernambucano, contra o Sport, que acontecerá na próxima quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), na Arena Pernambuco. A equipe tem que reverter o placar negativo, que beneficia o rival por dois gols. Por isso, o técnico Lisca optou escalar o time reserva para a estreia na Série B, às 16h20 deste sábado, contra o Bragantino, no Nabi Abi Chedid.

O treinador revelou que a decisão partiu da diretoria, mas que teve seu aval. “É uma situação diferente a que estamos vivendo. Por isso, concordei com a diretoria na decisão de preservar alguns jogadores. Já temos muitas dificuldades com lesão”, explicou ao  ao Diário de Pernambuco. “Uma decisão da diretoria, dando prioridade ao Pernambucano. Na Série B são 38 rodadas com o mesmo peso. Eu concordei porque tivemos muitas dificuldades na montagem do elenco. Tivemos dois jogos desgastantes contra Sergipe e Salgueiro. Conversei bem com o pessoal da parte física e médica e eles concordaram que seria a melhor decisão”.

Lisca também lembrou que é preciso ser sábio em relação ao tipo de cobrança que será exercida à equipe que irá encarar o Bragantino. “Sem muita cobrança por resultado agora. Ela virá no jogo contra o Vila Nova”, declarou.

Ele também afirmou que a partida será uma ótima oportunidade para observar o desempenho de alguns integrantes do elenco, como o lateral esquerdo Izaldo, que deixou a titularidade escapar ao marcar um gol contra na derrota para o Santa Cruz por 5 a 3, no dia 23 de março. “Izaldo está tranquilo. É um jogador da casa. Demos uma preservada por tudo o que aconteceu. Mas está na hora de ele voltar. Um jogo sem tanta pressão, fora de casa. Acidentes como aquele acontecem nas melhores famílias. Ele não merece ser queimado por isso”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade