Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Mano Menezes minimiza problemas em última semana de preparação

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Na longa preparação do Corinthians para o Campeonato Brasileiro, a última está sendo a mais complicada. Desde o adeus ao Paulista, em 23 de março, Mano Menezes vem trabalhando na mesma formação, algo que não pôde fazer nos dias que antecedem a partida de domingo, contra o Atlético-MG.

O titular Luciano passou toda a semana em um período de treinos com a Seleção Brasileira sub-20. O frágil meia Renato Augusto, que parecia livre de maiores problemas físicos, passou a preocupar com dores no joelho que operou no ano passado. Na manhã de sexta, Guilherme não treinou por causa de um desconforto muscular.

“Lógico que seria melhor se tivéssemos todos à disposição, mas não dá para ficar reclamando de tudo. Quando não tivermos o Renato, vamos ter o Danilo, o Zé Paulo... O Malcom estará aí quando o Luciano não estiver. Os jogadores precisam estar prontos para o que precisa ser feito”, afirmou.

Divulgação/Agência Corinthians
Jadson não pôde treinar os passes para Luciano ao longo da semana (foto: Rodrigo Coca)
Na primeira ou nas 37 rodadas seguintes, desfalques não serão exceção no arrastado Brasileiro. “O mais importante é ter uma definição para a equipe, criar uma estrutura para os jogadores estarem prontos para entrar. Com uma estrutura montada, os jogadores vão saber o que precisam fazer.”

Assim, ao menos por enquanto, Mano não reclamou de não ter Luciano ao longo da semana. Isso provavelmente mudará em caso de um mau resultado em Uberlândia – o gaúcho usa com frequência justificativas desse tipo –, mas ele disse ter se preparado para a ausência do garoto.

“Como tínhamos a informação de forma antecipada, procuramos trabalhar a parte ofensiva na semana anterior à ida dele à Seleção. A gente não pode prejudicar o jogador nem a Seleção, que precisa fazer o seu trabalho. Ainda bem que não foi durante a competição, e a gente pôde administrar isso bem”, disse o técnico.

Para adotar seu tradicional mistério, Mano Menezes afirmou não saber se usará Luciano desde o início por causa da ausência nos treinos, porém o atacante está escalado. Mesmo com alguma dificuldade na última semana, houve muito tempo para acertar a equipe desde a precoce eliminação no Paulista.

A falta de ritmo, diz o chefe, também não será desculpa. “Nós procuramos trabalhar de forma muito intensa nesse período, mesmo não tendo jogos oficiais. Até um tempo atrás, treino era treino, e jogo era jogo. Hoje, isso não existe mais. Não dá para treinar 30% e querer jogar 90%, apertar um botãozinho e jogar de uma maneira para a qual não se preparou.”

Assim, no domingo, sem a desculpa de uma preparação ruim, o Corinthians passará por seu primeiro teste no Brasileiro. A oportunidade é boa diante de um Atlético-MG que está preocupado com a Copa Libertadores e não atuará em Belo Horizonte. “Claro que no jogo tem uma competitividade maior. Vamos medir a nossa capacidade”, concluiu Mano.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade