Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Na Ressacada, Bragantino vira sobre o Avaí e conquista 1ª vitória

Florianopolis (SC)

Nesta terça-feira, foi inaugurada a segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Em Florianópolis, no Estádio da Ressacada, o Bragantino conheceu sua primeira vitória no torneio, ao superar o Avaí, de virada, pelo placar de 2 a 1. Antônio Carlos inaugurou o marcador em favor do clube azurra, mas viu Fabiano e Guilherme Mattis decretarem o triunfo alvinegro.

Com o resultado, o Massa Bruta chega aos quatro pontos, já que, na primeira rodada, empatou com o Náutico, em Bragança Paulista, pelo placar de 2 a 2. Por sua vez, a equipe catarinense segue sem somar pontos, amargando duas derrotas. A primeira delas ocorreu no último sábado, diante do América-RN, por 3 a 1, na Arena das Dunas.

O próximo compromisso dos florianopolitanos será no dia 3 de maio (sábado), às 21 horas (de Brasília), diante do Vila Nova-GO, no estádio Serra Dourada, em Goiânia. Já o clube do interior paulista, no dia 29 de abril (terça-feira), terá pela frente a Portuguesa, às 21h50, no estádio Nabi Abi Chedid.

O jogo – Esbarrando na forte marcação implementada pelo Bragantino, que atuou com três zagueiros (Alex Moraes, Guilherme Mattis e Yago), o Avaí criou sua primeira chance através de bola parada. Em cobrança de falta na intermediária, o meia Diego Jardel buscou o ângulo de Leandro Santos, mas viu o arqueiro adversário praticar a defesa. Com 18 jogados, foi a vez de Marquinhos assustar a meta visitante, com uma cobrança rente ao travessão.

Atuando com mais desenvoltura no campo de ataque, o clube azurra superou a forte defesa paulista e inaugurou o marcador, aos 24 minutos. Marquinhos alçou a bola na área e viu o zagueiro Antônio Carlos testar firme. Leandro Santos tocou na bola, mas não evitou o gol catarinense.

Porém, no final da primeira etapa, o Massa Bruta conseguiu o empate. Em cobrança de falta, o lateral-esquerdo Pará finalizou rasteiro e carimbou a barreira. Oportunista, o jovem volante Fabiano, cria da base do Corinthians, recuperou a bola e teve calma para concluir na saída do experiente Diego.

Logo aos dez minutos da segunda etapa, o Avaí criou uma boa chance de voltar à frente do marcador. Em cobrança de falta efetuada por Marquinhos, Guilherme Mattis tentou afastar e por pouco não marcou contra. A resposta do Bragantino veio três minutos mais tarde, em cabeçada à queima-roupa do centroavante Tássio, que exigiu uma intervenção providencial do arqueiro mandante.

Com 37 jogados, o técnico alvinegro Marcelo Veiga reforçou ainda mais o sistema defensivo, com a entrada do zagueiro Gustavo Carbonieri no lugar do volante Fabiano, autor do primeiro gol. Porém, ao invés de segurar o resultado, o Braga conseguiu o tento da virada. Dois minutos após a alteração, o zagueiro Guilherme Mattis aproveitou cruzamento de Pará na área e testou firme, no canto esquerdo, sem dar chances para o arqueiro oponente.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade