Futebol/Copa Libertadores da América - ( - Atualizado )

Nacional-PAR faz no fim, vence Vélez e leva vantagem para Argentina

Assunção (Paraguai)

Com a melhor campanha da primeira fase da Copa Libertadores da América, o Vélez Sarsfield entrou nas finais com a vantagem de decidir todos os confrontos em casa, mas percebeu que terá trabalho já nas oitavas de final da competição continental. Nesta quarta-feira, o time argentino visitou o Nacional, do Paraguai, pelo primeiro jogo, e acabou sendo derrotado por 1 a 0.

Favorito no confronto, o Vélez jogou melhor do que o adversário, que, apesar do apoio de sua torcida no Estádio Defensores del Chaco, em Assunção, teve lances isolados de perigo. Os argentinos, porém, não aproveitaram a boa presença no ataque e foram castigados aos 42 minutos do segundo tempo.

Em um rápido contra-ataque do Nacional, Barreiro bateu cruzado para o meio da área, a bola atravessou a área e chegou a Benítez no lado esquerdo. O paraguaio se esticou e, com um carrinho, conseguiu tocar ao gol. O goleiro Sosa, do Vélez, ainda tentou evitar, tirou a bola, mas a arbitragem brasileira, comandada por Heber Roberto Lopes, entendeu, acertadamente, que havia atravessado a linha.

Agora, as duas equipes voltam a se enfrentar pela Libertadores em Buenos Aires, onde decidem a vaga às quartas de final da competição nacional. O duelo será na próxima terça-feira, às 21h45 (de Brasília), no Estádio José Amalfitani. O vencedor do confronto encara quem sair do duelo entre Arsenal de Sarandí-ARG e Unión Española-ARG, que fazem o primeiro jogo nesta quinta.

AFP
Pressionado pelo Vélez na maior parte do jogo, o Nacional marcou no fim e fez a festa da torcida em Assunção

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade