Futebol/Campeonato Baiano - ( - Atualizado )

Ney Franco exime jogadores de culpa e fala em ‘nó tático’ do rival

Salvador (BA)

Após a derrota por 2 a 0 para o Bahia no primeiro jogo da final do Campeonato Baiano, o técnico Ney Franco evitou achar culpados para o resultado e preferiu reconhecer o bom desempenho do rival na Arena Fonte Nova.

“É fato que o treinador do Vitória levou um nó tático do treinador do Bahia. Eles foram superiores, temos de reconhecer. Tivemos alguns erros técnicos e eles levaram aos gols do adversário. Mas quando eles erraram, não soubemos aproveitar”, explicou o técnico rubro-negro.

Na partida, uma falha do zagueiro Rodrigo Defendi na saída de bola foi decisiva para o gol que abriu o placar para o Bahia. Além disso, o meia Hugo acabou expulso, comprometendo o sistema ofensivo do Vitória. Para o técnico do Leão, é preciso trabalhar o lado psicológico dos atletas para ganhar o título, que ainda não foi perdido, segundo ele.

“Na nossa visão, a decisão ainda está aberta, estamos vivos. Precisamos apenas corrigir as falhas, entender o que está acontecendo, trabalhar o lado psicológico dos atletas. Vamos trabalhar muito para ganhar o título”, analisou.

Felipe Oliveira/Divulgação
Ney Franco adiantou que irá trabalhar o lado psicológico de seus atletas para decisão do Baiano

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade