Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

No ano do centenário, Jabaquara terá parceria com Marcelo Teixeira

Santos (SP)

Na temporada em que completará 100 anos de existência, o Jabaquara Atlético Clube terá que amargar a última divisão do futebol paulista. Para trilhar novamente o caminho dos acessos, o clube de Santos firmou uma parceria com a Universidade Santa Cecília (Unisanta), em convênio que beneficiará os setores amador e profissional do Leão da Caneleira. Porém, a curiosidade fica a cargo do reitor da entidade. Trata-se de Marcelo Teixeira, ex-presidente do Santos, rival municipal do Jabuca.

Deixando a rivalidade de lado, Teixeira fez questão de expor sua relação com o Jabaquara, que vem desde a infância: “Tenho uma ligação afetiva com o time. Meu pai, Milton Teixeira, foi um dos diretores do clube. Guardo com orgulho uma foto calçando meias amarelas, ao lado do mascote do Jabuca. São recordações muito boas. É um sentimento de respeito e consideração pelo clube”, resumiu.

Adiante, o ex-mandatário alvinegro explicou a atuação da Unisanta nesta parceria: “É um orgulho unir esta entidade com o Jabaquara. Acreditamos na evolução conjunta dos profissionais com os professores, funcionários e alunos, nos laboratórios, trabalhando para a recuperação, prevenção e tratamento dos atletas”, explicitou. Dentre as atividades previstas, estão o atendimento de lesões de treinamento e práticas esportivas na clínica de fisioterapia da universidade, bem como as avaliações aeróbicas, corporais e lineares.

Comandante do Jabuca no Campeonato Paulista da Segunda Divisão (equivalente ao quarto estágio estadual), Darlan Sant’Anna viu com bons olhos o convênio: “Várias equipes que disputam tal torneio gostariam de ter essa estrutura disponível. O jogador terá uma tranquilidade a mais para trabalhar. Ficamos felizes em poder oferecer isso ao atleta. Esperamos não precisar usar (os trabalhos de recuperação de lesões), mas, caso seja preciso, estamos bem guardados e seremos bem tratados aqui”, pontuou.

O Jabaquara inicia sua caminhada na Quarta Divisão neste domingo, às 10 horas (de Brasília), diante da Mauaense. O palco do confronto é o Estádio Espanha, em Santos.

Divulgação
"É um sentimento de respeito e consideração pelo clube", disse Teixeira, ex-presidente do Santos

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade