Futebol/Mercado - ( )

Odílio não esconde interesse em Dória, mas espera conversas amadurecerem

Santos (SP)

Odílio Rodrigues, presidente do Santos, confirmou o interesse do clube no zagueiro Dória, do Botafogo. Segundo ele, as exigências do beque são altas, mas o alvinegro pretende dar sequência às tentativas e, quem sabe, amadurecer as conversas com o jogador. Atualmente, a equipe da Baixada Santista conta com três desfalques no setor: Edu Dracena e Gustavo Henrique só devem retornar no segundo semestre e Neto trata de um edema na coxa direita.

Recentemente, Bruno Uvini chegou à Vila Belmiro emprestado do Napoli, da Itália. Além dele, Jubal e David Braz estão à disposição do técnico Oswaldo de Oliveira.

“Houve um primeiro contato, mas os valores são altos. Precisamos avançar para ver se a conversa evolui”, disse Odílio, que deu início às tratativas com o zagueiro do Botafogo após indicação de Oswaldo, que já trabalho com o jovem atleta, tendo sido o responsável por promovê-lo à equipe principal do alvinegro carioca em 2012, quando ainda figurava no comando técnico em General Severiano.

Há cerca de um ano, o grupo DIS estipulou o valor do passe do jogador em R$ 18,6 milhões. Dória teve seu contrato renovado até o fim de 2017, com multa rescisória estipulada em R$ 62 milhões. O Botafogo é dono de 40% dos direitos federativos do beque.

Além de Bruno Uvini, Jubal e David Braz, o Santos ainda conta com as crias da base Vinicius Simon,Paulo Ricardo e Nailson.

Satiro Sodré/ Divulgação
Dória pode pintar no Santos, caso diminua seus valores. Equipe da Baixada tem muitos desfalques na zaga

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade